Inscrições Abertas

Sindicalizado tem desconto em oficina de Dança dos Orixás, Capoeira e Carimbó

Para se inscrever, basta mandar email para [email protected] com nome, telefone e modalidade de interesse. Aulas começam no dia 14

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 08/01/2019 11:55 / Atualizado em 08/01/2019 17:37

Arte: Fabiana Tamashiro

O projeto Faces da Cultura Popular Brasileira está com inscrições abertas para novas turmas de Dança dos Orixás, Capoeira e Carimbó que serão realizadas na Regional Paulista do Sindicato dos Bancários de São Paulo, na Rua Carlos Sampaio, 305, ao lado do Metrô Brigadeiro.

As oficinas começam no dia 14  e têm desconto para sindicalizados. O bancário sindicalizado com interesse em Dança dos Orixás, pagará R$ 80 pelo mês de aula, enquanto não sócios pagam R$ 100. As aulas ocorrem sempre ás segundas, às 19h. 

Para as aulas de Capoeira, Jongo e Samba de Roda, às segundas e quartas, às 20h30, sócios pagam R$ 100 ao mês e não-sócios, R$ 120. Agora se o associado quiser aprender mais sobre o Carimbó, ritmo paraense, as aulas são às terças, às 19h, e sindicalizado paga R$ 80 por um mês de aulas, enquanto que o público em geral, R$ 120.

Para se inscrever, basta mandar e-mail para [email protected]  com nome, telefone e modalidade de interesse.

Se você ainda não é sindicalizado, sindicalize-se e aproveite essa e outras vantagens de ser associado.  

Projeto fixo no Espaço Lélia Abramo

As oficinas do Projeto Faces da Cultura Popular foram iniciadas em novembro de 2018 e permanecem como atividades fixas do Espaço Cultural Lélia Abramo, localizado na Regional Paulista do Sindicato.

O projeto nasceu da união de integrantes da Escola de Capoeira Negro Nagô, Coletivo Educultura popular, Carimbó Paidégua e Grupo Quilombo de Teatro, em parceria com o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Em agosto passado, a parceria rendeu um Sarau e em setembro, uma série de Vivências no Lélia Abramo. Em novembro e dezembro, foram ministradas as oficinas de Danças dos Orixás, Carimbó e Capoeirapaço.



Voltar para o topo