Lazer

Centro de SP tem eventos especiais em boteco histórico

  • Publicado em 09/03/2017 21:43 / Atualizado em 17/03/2017 13:12

Festa do Chope no Sindicato é um dos eventos mais esperado do ano

Foto: Seeb-SP

O Grêmio Recreativo Café dos Bancários abre suas portas durante todo o ano para bancários e seus convidados aproveitarem um happy hour em um dos lugares mais charmosos e bem localizados da cidade e também curtir um som ao vivo. 

Como se não bastasse, também se notabiliza por criar eventos enraizados na cultura brasileira, como festa junina, o esquenta para o Carnaval e também torcida na Copa do Mundo.
 
Sindicalizado, claro, tem desconto de 10% na conta. Ainda não é sindicalizado? Associe-se!.
 
O primeiro especial do ano, como não poderia deixar de ser, é o esquenta para o Carnaval. Durante o mês da folia, todas as atrações musicais são do samba, em suas diversas vertentes: intérpretes de grandes escolas, baterias, samba de raiz, partido-alto, samba de roda, de vela, de breque e muitos outros.
 
Passam alguns meses e vem a festa junina, transformando o espaço em um verdadeiro arraiá. Banda ao vivo tocando música caipira, moda de viola e outras canções tradicionais do interior paulista e mineiro, ou forró, ritmo que toma conta do chamado São João nordestino. Para acompanhar, um cardápio repleto de quitutes típicos da época e também as delícias servidas durante o ano todo no espaço.

Além de sambódromo e arraiá, o Café também se transforma em estádio de futebol, mas neste caso, de quatro em quatro anos, quando abre as portas especialmente para os bancários torcerem pela seleção durante a Copa do Mundo. No palco, em vez de música ao vivo, um telão para ninguém perder nenhum detalhe. Além dele, televisores espalhados pelo Grêmio mostram a peleja, tudo com som estéreo que deixa os noventa minutos ainda mais emocionantes.

Festa do Chope - Para os que gostam de uma gelada, tem a Festa do Chope em São Paulo e também em Osasco. Na capital, por conta do tamanho, a festa é realizada na Quadra dos Bancários. O ingresso, sempre mais barato para os sindicalizados, dá direito a caneca e consumo de chope, refrigerante e água à vontade.



Voltar para o topo