Mulheres

Avenida cheia de garra para lutar por direitos

Em São Paulo, atos do 8 de março, Dia Internacional da Mulher, culminaram com milhares em passeata pela Paulista

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 08/03/2018 18:10 / Atualizado em 09/03/2018 15:27

Tempo chuvoso não espantou as guerreiras que marcharam por seus direitos e contra a desigualdade

Foto: Seeb-SP

São Paulo – Trabalhadoras, estudantes, donas de casa, jovens, idosas, crianças. Elas ocuparam a Avenida Paulista, na quinta-feira 8 de março, numa grande passeata que encerrou os atos do Dia Internacional da Mulher.

E as bancárias estavam lá. A categoria, que cobra igualdade de oportunidades e de ascensão profissional nos bancos, fez bonito na caminhada que partiu da Praça Osvaldo Cruz em direção ao Museu de Arte de São Paulo, o Masp.

Elas se concentraram na Regional Paulista do Sindicato, na Rua Carlos Sampaio, para produzir adereços, cartazes, faixas. De lá, caminharam até a praça para se juntar a outras mulheres e dar início à marcha que tomou conta da avenida, um dos principais centros financeiros do país.

Milhares de mulheres saem às ruas em todo país contra violência e pela democracia
Congresso Nacional aprovou pautas feministas
Brasil ocupa 152º lugar em participação feminina na política

“Março é um mês de luta pela igualdade das mulheres com os homens”, afirmava a presidenta do Sindicato, Ivone Silva, pronta para a passeata com as companheiras de luta. “Temos de debater quanto nós trabalhamos em alguns afazeres, principalmente os domésticos, mais que eles. E o quanto nós ganhamos menos que eles”, afirmou, lembrando que no caso das bancárias, mesmo que os salários sejam iguais, elas têm dificuldade para alcançar cargos de chefia nos quais ganhariam mais. “Apesar dos avanços das mulheres no mercado de trabalho, ainda há desigualdade em relação a oportunidades e salários e a situação pode ser agravada pelo desmonte trabalhista e pela reforma previdenciária.”

> Desemprego prejudica mais as mulheres, aponta estudo
> Mesmo sendo maioria com ensino superior, mulheres ainda ganham menos que homens

A questão da aposentadoria, que a reforma de Temer quer dificultar, prejudica mais as mulheres. “Querem ignorar nossa tripla jornada, elevando a idade mínima para a aposentadoria das trabalhadoras. As mulheres destinam o dobro de horas a afazeres domésticos em relação aos homens, têm taxa de desemprego maior, salário 25% menor, mais rotatividade. Portanto, faz todo sentido que elas se aposentem mais cedo ou contribuíam menos tempo que os homens para ter direito à aposentadoria, como uma forma de compensar a desigualdade sofrida ao longo de uma vida de trabalho em dupla jornada”, reforça Ivone. “O Sindicato luta pelos direitos dos trabalhadores, o fortalecimento da democracia e pela consolidação de oportunidades iguais entre todos.”

A seguir, confira agenda da Jornada das Mulheres pela Democracia em todo o estado:

MARÇO

DIA 7

Sorocaba
Cine Debate com o filme “As Sufragistas”
Às 19h
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba - Rua Júlio Hanser, 140 - Lageado

DIA 8

São Paulo
Dia Internacional de Luta das Mulheres - Ato Unificado na Avenida Paulista
Concentração às 16 horas 
Local: Praça Oswaldo Cruz, no Paraíso (saída da caminhada às 18 horas)

Mogi das Cruzes
Ato das Mulheres
Às 10h
Praça da Marisa – centro

São Carlos
Marcha das Mulheres em Defesa da Democracia
Às 9h
Praça São Benedito - centro

DIA 9 

São Bernardo do Campo
Atividade das Mulheres Metalúrgicas do ABC
Local: Sindicato dos Metalúrgicos do ABC - Rua João Basso, 231

Sorocaba
Oficina para mulheres sobre direitos trabalhistas
Às 18h30
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba - Rua Júlio Hanser, 140 – Lageado
Inscrições: www.smetal.org.br/mesdamulher 

DIA 10

São Paulo
Homenagem do Dia Internacional da Mulher
Local: Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação (Afuse) - Rua Sena Madureira, 263 - Vila Clementino

DIA 12

Sorocaba
Seminário Ação Sindical e Promoção do Trabalho Decente
Das 8h às 17h 
Local: Sorocaba Park Hotel – Av. Prof. Joaquim Silva, 205, Alto da Boa Vista – Sorocaba
Realização: Sindicato do Vestuário de Sorocaba e Ministério Público do Trabalho
Inscrições pelo site: www.vestuariosorocaba.org.br/ Informações: (15) 3222-2122

DIA 13

Guarulhos
Curso de defesa pessoal para as aeroviárias e demais mulheres que acessarem o GRU Airport 
Às 15h
Local: Terminal 3 - Rod. Hélio Smidt, s/nº - Cumbica
Realização: Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos

DIA 14

Sorocaba
Oficina sobre planejamento financeiro/familiar
Às 18h30
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba - Rua Júlio Hanser, 140 – Lageado
Inscrições: www.smetal.org.br/mesdamulher 

DIA 15

Penápolis
Encontro de Aposentadas da Apeoesp
Às 16h
Local: Subsede da Apeoesp - Rua Santa Clara, 45 - centro, Penápolis 

DIA 23

Sorocaba
Festa das Mulheres do Sindicato dos Trabalhadores em Refeições Coletivas
Às 19h
Local: Salão Bom Samaritano – Rua Lázaro Guerreiro Puglia, 86 – Jardim Santa Fé
Inscrições até 16/2 no (15) 3233-9146 / 3211-1665

5ª Mostra de Artes das Mulheres de Sorocaba
Até 25/2
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba - Rua Júlio Hanser, 140 – Lageado
Informações: http://bit.ly/2F60txW

Taubaté
Atividade das Mulheres Metalúrgicas de Taubaté
Local: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté - Rua Urupês - Chácara do Visconde

DIA 28

São Paulo
Aula Pública do Sindsep-SP - “Direitos, questões de gênero e trabalho público”
Local: Auditório da Supervisão de Saúde - Praça Centenário de Vila Prudente, 108 - Vila Prudente

Santo André
De 28/2 a 28/11
17º Curso – Promotoras Legais Populares (Atividade faz parte da agenda do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres de Santo André) 
Das 18h30 às 20h50

 

*EM ATUALIZAÇÃO



Voltar para o topo