Cidadania

Sindicato apoia travessia de jovens prestes a deixar abrigos

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 29/03/2018 18:00 / Atualizado em 19/04/2018 17:49

“O pior aniversário para quem está no serviço de acolhimento é quando ele completa 18 anos, porque no dia do aniversário vai ser expulso e sem um tipo de apoio”. É essa realidade descrita por Ariel de Castro, coordenador da Comissão da Infância e Juventude do Conselho Estadual de Direitos Humanos da Pessoa Humana (Condepe), que o Projeto Âncora – Família e cidadania atuou para mudar.

O programa da Fundação Projeto Travessia manteve, ao longo de dois anos, trabalho de apoio intensivo às crianças e adolescentes em desacolhimento – termo que designa o desligamento dos menores que permanecem por longos períodos em SAICACS (Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes). Nesse período, 72 adolescentes foram atendidos. Os resultados desse trabalho foram apresentados durante seminário.

Projeto Travessia

Fundado em 1995 com ajuda do Sindicato, a fundação realiza ações pedagógicas com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. E você pode fazer parte desta história!



Voltar para o topo