PRAZERES À MESA

Bela Gil lança livro de receitas com partes 'jogadas fora' dos alimentos

Objetivo da obra é evitar o desperdício e baratear a alimentação saudável. “É um livro para todos os níveis de habilidade culinária, não são receitas complicadas", diz a chef

  • Rede Brasil Atual, com Redação Spbancarios
  • Publicado em 19/03/2019 16:41 / Atualizado em 19/03/2019 16:58

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, 1/3 da comida no mundo vai para o lixo

Foto: Divulgação

Receitas com casca de melancia, com semente de mamão, com folhas de couve flor ou ramas da cenoura. Da Raiz à Flor, o novo livro da nutricionista e chef de cozinha Bela Gil, mostra como reutilizar partes dos alimentos normalmente descartados pela população. 

A reportagem é da Rádio Brasil Atual e foi replicada pelo RBA.

“É um livro em que uso partes de alimentos e plantas que seriam jogadas fora. É um livro para falarmos mais sobre desperdício de alimento, algo que acomete nossa sociedade, e também fazer com que a alimentação saudável seja mais barata, mais econômica para a população inteira,” explica Bela Gil, em entrevista à jornalista Marilu Cabañas, na Rádio Brasil Atual. 

Dividido em quatro capítulos (entrada, prato principal, sobremesa e bebidas), o livro apresenta uma série de possibilidades com ingredientes que a chef chama de "novos alimentos que todos já conhecem". 

“É um livro para todos os níveis de habilidade culinária, não são receitas complicadas. O objetivo mesmo é pra gente baratear o custo da alimentação saudável”, afirma a chef. 

Como exemplo, ela cita o caso do melão, fruta em que normalmente as cascas vão fora, sendo que as cascas representam 50% do produto e, logo, do próprio preço. “É uma forma de valorizarmos o nosso dinheiro e combater o desperdício.” 

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), um terço da comida no mundo vai para o lixo. Nos casos de frutas, legumes e verduras, esse desperdício chega a 50%. 

Entre as receitas, ela ensina como a semente do mamão pode ser ressecada no forno e, depois de moída, se tornar uma substituta da pimenta-do-reino. Ou como fazer um chá de casca de cebola, bom para enjoo e má digestão. 

Na entrevista, Bela Gil também fala sobre as primeiras medidas do governo de Jair Bolsonaro (PSL) na área da alimentação, e lamenta a liberação de novos agrotóxicos, assim como a extinção do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).  

“Quando se fala de alimentação saudável, a coisa mais importante para produzir um alimento saudável é a saúde da terra. Se a terra estiver envenenada, não tem como o alimento se tornar saudável.” 

Ouça a íntegra da entrevista com Bela Gil



Voltar para o topo