Happy Hour

Agnaldo Amaral faz show nesta sexta no Café dos Bancários

Atração fecha programação do mês e promete muito samba de qualidade para bancários sindicalizados e convidados

  • Elenice Santos, Spbancarios
  • Publicado em 24/04/2018 14:44 / Atualizado em 24/04/2018 15:27

Agnaldo Amaral, intérprete da Nenê de Vila Matilde, estará no palco do Café dos Bancários

Foto: Reprodução Facebook

Um dos espaços mais charmosos do centro de São Paulo, o Grêmio Recreativo Café dos Bancários  abre as portas para Agnaldo Amaral, intérprete da escola de samba Nenê de Vila Matilde. O show será na sexta-feira 27, véspera do feriadão de 1º de Maio. 

A entrada é gratuita, e bancários sindicalizados têm desconto de 10% na hora de pagar a comanda. O show começa às 20h, mas a casa abre a partir das 17h. Chegue cedo para garantir mesa.

> Se você não é sindicalizado, faça já a sua sindicalização! Aproveite para ver outras vantagens de ser sindicalizado
> Excepcionalmente, Café estará fechado na quinta 26

Muito conhecido no mundo do samba, Agnaldo Amaral começou sua carreira de cantor aos oito anos no quadro “Eu e as Crianças”, do programa Raul Gil, e de lá para cá não parou mais. Viajou para o exterior cantando vários estilos musicais, e ao voltar para o Brasil iniciou sua carreira definitiva no samba.

Após ter passagem por várias escolas importantes do carnaval de São Paulo como Camisa Verde e Branco, Vai-Vai, Vila Maria, entre outras, Agnaldo entrou para o seleto time de intérpretes oficiais de algumas escolas de samba do Rio de Janeiro, tendo passado inclusive pela Mangueira. Desde 2014, sagrou-se intérprete oficial da escola paulista Nenê de Vila Matilde, da qual permanece até hoje.

No show do Café, Agnaldo Amaral promete o melhor do samba e muito agito para bancários e convidados.

O Café fica na Rua São Bento, 413, no centro de São Paulo. Abre de segunda a sexta (exceto aos feriados), das 17h às 23h.

Além dos cartões de débito e crédito, a casa também aceita os vales-refeição Alelo, Ticket, Sodexo, VR, Policard e Valecard.



Voltar para o topo