#8M

Bancários na luta por igualdade de oportunidades

Categoria tem cláusula na CCT que prevê discussões sobre promoção de equidade entre homens e mulheres nos bancos

  • Publicado em 04/04/2018 13:40 / Atualizado em 04/04/2018 14:03

São Paulo - Apesar de ter grau mais elevado de estudo, as mulheres ainda ocupam cargos de menores salários nos bancos. A ascensão profissional é uma das lutas da categoria que tem prevista em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) Comissão Bipartite para debater propostas voltadas à promoção da igualdade de oportunidade.

“É com esse esforço que estamos trabalhando este ano para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho. E que todos possamos estar unidos, juntos fortalecendo o Sindicato, em unidade nacional para ampliação dos nossos direitos”, destaca Wanessa de Queiroz, dirigente sindical da Fetec/CUT-SP.

> Desemprego prejudica mais as mulheres, aponta estudo

Jornada das Mulheres – Os atos do 8 de março em SP compõem a Jornada de Luta das Mulheres em Defesa da Democracia e dos Direitos, que foi lançada em 24 de fevereiro, em São Bernardo do Campo, e que percorrerá cidades do interior paulista até o dia 1º de maio.

> Dia Internacional da Mulher: mês é de luta contra desigualdades e retrocessos

 



Voltar para o topo