1º de Maio

Resistência e luta marcam 10ª Corrida do Trabalhador

Em Osasco, atletas sobem ao pódio por qualidade de vida, melhores condições de trabalho, e em especial nesse 1º de Maio, por defesa de direitos e da democracia

  • Elisângela Cordeiro, Spbancarios
  • Publicado em 02/05/2018 16:00 / Atualizado em 16/05/2018 13:19

Ivone Silva, presidenta do Sindicato, premia bancária primeira colocada da categoria na prova dos quatro quilômetros,

Foto: Seeb-SP

O dia ainda nem tinha amanhecido quando os primeiros participantes começaram a chegar à Avenida Bussocaba, em Osasco. É assim para quem tem a corrida como prática esportiva. Pouco antes das 8h, os atletas já se concentravam na linha de largada do 10º Desafio do Trabalhador, Corrida e Caminhada. O burburinho virou contagem regressiva. Corneta acionada e lá se foram os atletas em disparada.

Eles correram por qualidade de vida, bem-estar, saúde, melhores condições de trabalho e, em especial nesse 1º de Maio, por resistência e luta na defesa dos direitos e da democracia. Duas mil e quinhentas pessoas participaram do evento, 700 deles bancários associados ao Sindicato.

Os quatro quilômetros

Primeira bancária a cruzar a linha de chegada na modalidade quatro quilômetros, Livea Flor Rodrigues comemorou o bicampeonato entre os participantes da categoria, e a quinta colocação na classificação geral. Aposentada do Itaú há dois anos, após complicações em decorrência de degeneração da retina, a atleta profissional vem se preparando no último ano para tentar a classificação nos Jogos Paraolímpicos de 2020. “A vida não é só trabalho. O bem-estar é fundamental.” 

Livea parabenizou o Sindicato pela inciativa. Além de ser um dos organizadores do evento, a entidade disponibiliza 700 inscrições gratuitas para sindicalizados.

O vencedor entre os bancários, na modalidade quatro quilômetros, foi Vagner Lúcio da Silva.

Se você ainda não é associado, faça já sua sindicalização! Aproveite para dar uma olhada nas outras vantagens de ser sindicalizado.

Bicampeões nos oito quilômetros

Nos oito quilômetros, quem subiu mais alto no pódio pela categoria foi José Roberto Santos.

Já entre as atletas bancárias, a vencedora da prova foi Givante Ferreira.

Os dois também comemoraram o bicampeonato na competição. Todos os primeiros cinco colocados receberam troféu e prêmios.

A presidenta do Sindicato, Ivone Silva, participou do evento e lembrou que o 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, é de comemoração, mas também de luta na defesa de direitos e contra retrocesso.

O secretário de Cultura do Sindicato, Marcelo Gonçalves, também esteve em Osasco e, antes da largada, destacou aos atletas a importância da data: "o momento é de resistência e defesa da democracia". 

> Dia do Trabalhador em São Paulo e Curitiba 

Gratidão a Lula

O atleta Gilson Rodrigues, quarto colocado na classificação geral dos quatro quilômetros, comemorou o resultado e anunciou seu novo projeto: correr o percurso entre o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a sede da polícia federal, em Curitiba, onde está o ex-presidente Lula.

“Uma injustiça o que estão fazendo com ele. Pensei, tenho que fazer algo. O que tenho para oferecer é corrida. É dessa forma que quero demostrar meu agradecimento a Lula”, conta Gilson, que graças ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) conseguiu sair de um barraco de madeira para uma moradia digna.



Voltar para o topo