Conquista

13º salário: adiantamento vem bem antes para o bancário

Norma geral manda pagar até 30 de novembro, mas Convenção Coletiva de Trabalho da categoria bancária garante adiantamento até 31 de maio.

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 22/06/2017 18:41 / Atualizado em 24/07/2017 19:27

Bancários recebem adiantamento do 13º com seis meses de antecedência

Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

São Paulo - Um dos complementos de renda mais esperados pelos brasileiros, o 13º salário chega bem antes para os bancários. Pela norma geral, a primeira parcela do direito tem de ser paga pelos empregadores até 30 de novembro. Para os bancários, porém, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) garante o adiantamento ainda no primeiro semestre, até 31 de maio.

O valor corresponde à metade do salário recebido no mês anterior. Têm direito os bancários admitidos até 31 de dezembro do ano anterior e que não tenham recebido a antecipação durante o gozo das férias.

Os afastados por doença ou acidente de trabalho que estejam recebendo a complementação salarial prevista na CCT também têm direito ao adiantamento, correspondente à metade da complementação devida.

Gratificação de Natal - Previsto na Lei 4.749, o 13º salário, oficialmente denominado Gratificação de Natal, é pago sempre em duas parcelas. A segunda, também chamada de complemento, tem de ser paga até 20 de dezembro, seja para bancários ou demais categorias.

Sindicalize-se! - Assim como todos os direitos dos bancários, a antecipação do 13º para o primeiro semestre é conquista da categoria e não 'presente' do banqueiro. Sindicatos fortes garantem mais avanços e mais poder de negociação com os bancos. Fortaleça essa luta e participe você também!



Voltar para o topo