Nenhum direito a menos!

Quarta, 20 de junho: Dia Nacional em Defesa do Saúde Caixa

Governo Temer e mudanças estatutárias na Caixa pretendem onerar o associado e ameaçam a própria sustentabilidade do plano de saúde dos empregados do banco público; mobilização é a chave para barrar retrocessos

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 14/06/2018 16:55 / Atualizado em 20/06/2018 13:01

Divulgação

Nesta quarta-feira 20, o movimento sindical bancário realiza Dia Nacional de Luta em Defesa do Saúde Caixa. A data foi definida pela Comissão Executiva de Empregados da Caixa (CEE/Caixa) no dia 5 de junho, quando também foi escolhido junho como o “mês do Saúde Caixa”. A atividade é parte da campanha Saúde Caixa, eu defendo.  

Veja a cobertura da mobilização pelas redes sociais do Sindicato: facebook.com/spbancarios e twitter.com/spbancarios.

Faça a sua sindicalização e fortaleça a luta em defesa dos direitos dos bancários
Assine o boletim eletrônico com notícias específicas da Caixa

“O atual modelo de custeio do Saúde Caixa, conquistado pelos empregados em negociações, que existe desde 2004, está ameaçado. Seja pelo governo Temer, através das resoluções 22 e 23 da CGPAR que impõem mudanças nos planos de saúde das empresas federais: oneram o associado do Saúde Caixa, excluem aposentados, impõem períodos de carência e permitem cobrança de franquias, acabam com a cobrança de mensalidade única por família, trazem novas restrições para dependentes, vetam a oferta do plano em novos concursos e proíbem a entrada de novos associados, entre outros prejuízos. Ou por meio de alterações estatutárias no banco público. Somadas, essas duas frentes de ataque tentam impor um limite correspondente a 6,5% da folha de pagamento para a participação da Caixa nas despesas do plano de saúde”, alerta o diretor do Sindicato e coordenador da CEE/Caixa, Dionísio Reis.

Na Gipes/SP, localizada à Rua Bela Cintra, 881, próximo à estação Paulista do metrô (linha amarela) haverá um café da manhã solidário a partir das 9h30. Às 11h, será realizada uma reunião com os empregados da ativa e aposentados presentes. Os bancários devem comparecer vestindo branco em protesto contra os ataques ao Saúde Caixa. 

“É muito importante que todos os empregados da Caixa, de todo o país, participem do Dia Nacional de Luta em Defesa do Saúde Caixa. Em breve, vamos divulgar todas as atividades que acontecerão em São Paulo, Osasco e região. Ou lutamos, mostramos nossa força e unidade, ao lado das nossas entidades representativas, ou assistiremos o fim do nosso plano de saúde, uma conquista histórica dos trabalhadores”, conclama o dirigente.

A defesa do Saúde Caixa é uma das reivindicações da pauta específica dos empregados da Caixa na Campanha Nacional Unificada dos Bancários 2018.

Atuação parlamentar

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF), empregada da Caixa, protocolou um Projeto de Decreto Legislativo (PDC 956/2018) para sustar as resoluções da CGPAR. A parlamentar defende que a resolução viola direitos assegurados em acordos coletivos de trabalho, estatutos e convenções que regulam as entidades de autogestão de saúde.

Para apoiar o projeto na enquete disponibilizada no site da Câmara dos Deputados, CLIQUE AQUI e selecione a opção “Concordo”. Não é necessário se identificar.



Voltar para o topo