WEBTV

Se a reforma trabalhista gera empregos, por que os PDVs?

  • Publicado em 02/08/2017 12:40 / Atualizado em 02/08/2017 13:03

São Paulo - “Acabou (tramitação) a reforma trabalhista, vieram o PDV do Bradesco, o PDV da Caixa. Se iria gerar novos empregos, por que as empresas não estão acreditando? Elas mesmo que apoiaram a reforma, não só a Fiesp, mas também a Fenaban”. (Ivone Silva, presidenta do Sindicato)

“Tem gerado miséria, aumentado a pobreza, o suicido, o adoecimento do trabalhador em todos os países que implementaram essa medida. Trabalhador que tem emprego, mas não tem salário. É um trabalhador intermitente. Ele faz bico. Termina o mês sem salário ou recebendo o que não é suficiente para sustentar a família”. (Juvandia Moreira, vice-presidenta da Contraf-CUT)

“Tem uma legião de brasileiros morando lá (Portugal), achando incríveis as políticas que eles adotam lá, na verdade é o partido socialista no poder. Portugal foi dos países que tiveram na crise europeia. Foi o primeiro a sair. Saiu com medidas que beneficiaram de fato a população. Você tem evidentemente os milionários, mas a maioria da população vive com uma renda básica, mas digna.” (Moisés Marques, diretor acadêmico da Faculdade 28 de Agosto)

Assista aqui esta edição na íntegra.

MB com a Presidenta - Eles participaram do MB desta segunda 31, para falar sobre o plano de lutas da categoria em defesa dos empregos e direitos. O programa de webtv do Sindicato vai ao ar todas as segundas-feiras, às 20h, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube da TV dos Bancários (TVB), site do Sindicato e Facebook. O MB com a Presidenta é um programa de entrevistas, conduzido pela presidenta do Sindicato, Ivone Silva, que aborda assuntos de interesse dos bancários, dos direitos dos trabalhadores e de cidadania.



Voltar para o topo