Estatuto do Trabalho

Senadores vão debater alternativa à reforma trabalhista

Subcomissão Temporária foi instalada com a missão de criar uma alternativa às novas leis trabalhistas aprovadas via reforma trabalhista imposto pelo governo Temer

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 10/08/2017 18:13 / Atualizado em 10/08/2017 18:16

Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

São Paulo - A Subcomissão Temporária sobre Reforma Trabalhista e Estatuto do Trabalho foi instalada na quarta 9 pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. O colegiado será presidido por Telmário Mota (PTB-RR) e terá como vice-presidente Paulo Paim (PT-RS).

A subcomissão tem o objetivo de criar um Estatuto do Trabalho. Segundo Paim, a intenção é criar uma alternativa às novas leis trabalhistas, aprovadas pela chamada reforma trabalhista do governo Temer, que na prática enterra todos os direitos trabalhistas previstos na CLT.

> Desmonte trabalhista: como deputados e senadores votaram
> Você sabe quais senadores enterraram a CLT?

"O Estatuto do Trabalho que estamos propondovem com a lógica de uma nova carta trabalhista e social, com direitos e benefícios para empregados e empregadores. É uma ousada possibilidade para harmonizar os interesses de classes dos trabalhadores e dos patrões", explica Paim. O senador disse, ainda, que já apresentou uma primeira versão do texto, a ser ser discutida com representantes de trabalhadores e empregadores.



Voltar para o topo