Rua não é lar

Projeto Travessia lança campanha de arrecadação de recursos

Fundação atua há mais de duas décadas com crianças e adolescentes em situação de rua, privilegiando a educação social e auxiliando na elaboração de políticas públicas

  • Rede Brasil Atual, com edição da Redação Spbancarios
  • Publicado em 17/08/2018 19:00 / Atualizado em 07/12/2018 16:59

Cerca de 14 mil crianças e adolescentes já foram beneficiados, de modo direto e indireto, pelos projetos do Travessia

Foto: Reprodução Facebook

Criada em 1995, a Fundação Projeto Travessia lançou recentemente a campanha “Não deixe a rua ser o endereço de uma criança”. O objetivo é arrecadar recursos, por meio da Nota Fiscal Paulista, para manter o trabalho da entidade junto a crianças e adolescentes em situação de risco, principalmente aquelas em situação de rua.

A reportagem é da Rede Brasil Atual.

Em mais de 20 anos de atuação, o Travessia elaborou, implantou e geriu cerca de 30 projetos com os mais variados eixos de ação, sempre na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, privilegiando a educação social e sendo reconhecida pela colaboração no desenvolvimento de políticas públicas. Neste período, cerca de 14 mil pessoas foram beneficiadas, de modo direto e indireto.

Menção honrosa para Fundação Projeto Travessia 

Em seus projetos, o Travessia busca desenvolver como metodologia a construção de vínculos afetivos e de confiança entre os educadores, as crianças e suas famílias. “Assim é possível conhecer suas verdadeiras histórias de vida e as razões que desencadearam a ida deles para as ruas”, explica a fundação. “A partir daí, inicia-se o processo que permitirá a eles perceberem e reconhecerem que, ao mesmo tempo em que a rua tem um lado aparentemente sedutor, ela representa um grave prejuízo ao seu desenvolvimento, tanto físico quanto emocional. Deste entendimento, educador e educando constroem uma travessia para o retorno familiar, educacional e comunitário”, conclui.



Voltar para o topo