Cidadania

Comitê Betinho pode ultrapassar meta de 2015

Grupo de torcedores do Corinthians se mobilizou e arrecadou dinheiro para construir cisterna para família que sofria com a seca

  • Publicado em 04/09/2015 10:42
São Paulo - Em muitas regiões do nordeste do país o acesso à água significa esperança e dignidade. Por este motivo o Comitê Betinho realiza o projeto Água para O Sertão que em 2015 tem como meta a construção de 562 cisternas para famílias afetadas pela seca.

Até o momento o Comitê conseguiu a instalação de 542 cisternas. “Estamos muito otimistas e acreditamos que não só iremos atingir a meta como passaremos dela”, disse José Roberto Barboza, diretor-presidente da organização. Segundo ele, as pessoas, e em especial os bancários, têm respondido positivamente às campanhas de arrecadação de fundos para a construção. “A seca no nordeste é um drama histórico. Se nós, que estamos enfrentando essa primeira grande falta de água em São Paulo, sofremos, imagina quem não tem nem o que beber?”, ressaltou.

Fiel Esperança - Um exemplo de mobilização em prol do projeto foi dado por Juscelini Filomeno Lopes, de São Paulo. Junto com amigos torcedores do Corinthians, Celine conseguiu uma camisa oficial autografada por todos os jogadores do time e a utilizou para promover uma espécie de “rifa” que arrecadou R$ 1,8 mil. O valor repassado ao Comitê foi utilizado pela Caritas, organização de Itapipoca (CE) parceira do Comitê, para construir uma cisterna (foto) para a família de Maria das Dores Holanda de Sousa, que antes tinha de andar cerca de cinco quilômetros para conseguir água. “São gestos como este, que animam nossa caminhada na construção de um mundo melhor”, afirmou José Osmar Boldo, vice-presidente do Comitê.

Em novembro de 1993, por inspiração da Campanha Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e pela Vida, idealizada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, surgiu o Comitê Betinho, fundado por funcionários do antigo Banespa (hoje Santander). A ONG ganhou esse nome para prestar uma justa homenagem ao Betinho por ocasião de seu falecimento, em 1997. Ela é uma das organizações das quais o Sindicato é parceiro.

Para saber mais informações sobre o Comitê e como ajudar o projeto acesse www.comitebetinho.org.br.

Luana Arrais – 3/9/2015
Tags: 


Voltar para o topo