Reunião

Mesa dia 14 debate mudanças na PSO do Banco do Brasil

Debate será em mesa permanente, prevista em acordo coletivo, e vai tratar de projeto piloto com mais de 200 salas de autoatendimento que têm gerado reclamações e dúvidas em quem atua nas plataformas de suporte operacional

  • Contraf-CUT
  • Publicado em 08/09/2017 14:56 / Atualizado em 08/09/2017 15:21

BB fará apresentação do projeto e os bancários levarão questionamentos

Foto: Steve McGrath / Freeimages

São Paulo - Representantes dos funcionários e da direção do Banco do Brasil reúnem-se na quinta-feira 14 para debater as mudanças que estão acontecendo nas Plataforma de Suporte Operacional (PSO) e nas atribuições dos caixas executivos.

O BB iniciou um piloto com mais de 200 salas de autoatendimento e algumas mudanças têm gerado reclamações e dúvidas de bancárias e bancários que atuam nas plataformas.

A reunião faz parte do processo de negociação permanente e foi solicitada ela Comissão de Empresa. O BB fará uma apresentação do projeto em implantação e os representantes dos bancários levarão os questionamentos sobre os problemas quem vem ocorrendo.

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, todas as mudanças devem ser bastante debatidas para se evitar desvios nas funções ou atribuições dos funcionários da PSO, bem como manter todas as tarefas dentro das instruções normativas e legais. “É necessária a disposição do banco em debater os efeitos das mudanças na ponta, onde as coisas acontecem na prática. É comum um projeto ser alterado nas esferas inferiores devido ‘mentes criativas’, gerando reclamações de funcionários e clientes", disse, segundo matéria da Contraf-CUT.



Voltar para o topo