Sócio não paga

Quatro dias que valem para uma vida inteira

É curtinho, mas faz toda a diferença na chegada do bebê, além de ser pré-requisito para conseguir licença-paternidade de 20 dias. Inscrições estão abertas e vagas são limitadas

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 27/09/2017 13:15 / Atualizado em 16/10/2017 11:22

Foto: Freepik

São Paulo – A Faculdade 28 de Agosto está com inscrições abertas para mais uma turma do Curso de Paternidade Responsável, com noções básicas que são pré-requisito para que futuros pais solicitem ao empregador a licença-paternidade ampliada de 20 dias. Gratuito para bancários sindicalizados; não sindicalizados pagam R$ 50. Será entre 16 e 19 de outubro, das 19h às 22h, na sede da faculdade, que fica na Rua São Bento, 413, Centro, a apenas uma quadra do metrô São Bento. Portanto, a localização é de fácil acesso. 

> Faculdade 28A também oferece CPA 10, CPA 20 e CEA
> Vestibular: sindicalizado paga 60% menos em Administração na 28A

Durante o curso, há aulas práticas que ensinam os pais – essa etapa também é aberta à participação das mães – a dar banho, trocar fralda, passam noções de amamentação, como colocar para dormir e outros cuidados com o recém-nascido. As aulas são também espaço de reflexão sobre paternidade e maternidade no mundo de hoje, abordagem psicológica sobre o momento na vida do pai, os desafios para a família com a chegada do novo integrante, além de pontos como depressão pós-parto e o respeito à condição biológica e psicológica da mulher. Há ainda discussão sobre conceitos pedagógicos novos e antigos, educação para igualdade e a função paterna nesse contexto.

“São quatro dias apenas, mas que podem valer para toda a vida. Porque além da abordagem mais reflexiva sobre o que significa ser pai e como compartilhar essa responsabilidade com a mãe, é também uma oportunidade para trocar experiência com outros futuros pais, já que as aulas são presenciais”, diz Ana Tércia Sanches, uma das professoras.

Ela destaca que o curso não serve apenas para pais de primeira viagem. “Tem muitos bancários que estão esperando o segundo ou terceiro filho, que vêm fazer o curso e compartilham com os outros os acertos e erros dessas primeiras experiências.”

Ana Tércia lembra que futuros pais adotivos também têm direito à licença-paternidade de 20 dias e que devem aproveitar e fazer o curso. “É uma oportunidade para tirar dúvidas com profissionais capacitados como enfermeiros, pedagogos e psicólogos.”

As vagas são limitadas e os interessados devem entrar em contato pelo 3188-5200. É importante lembrar que os bancários podem fazer o curso a qualquer momento da gestação.



Voltar para o topo