Na luta

Sindicato dialoga com bancários e população no Jardim Colonial

Dirigentes esclareceram sobre a importância do banco público para a comunidade local; agência da Caixa é a única do bairro da zona leste

  • Danilo Motta, Redação Spbancarios
  • Publicado em 05/09/2018 12:36 / Atualizado em 10/09/2018 19:11

Foto: Seeb-SP

O Sindicato esteve presente na manhã desta quarta-feira 5, na agência da Caixa Econômica Federal localizada no Jardim Colonial, zona leste de São Paulo. Os dirigentes dialogaram com empregados da Caixa e com a população local sobre a importância dos bancos públicos em bairros periféricos como o Jardim Colonial.

“Explicamos por que somos contra este projeto de privatização e fechamento de agências. Estes ataques à Caixa prejudicam muito a população, principalmente nos bairros mais populosos, onde os moradores dependem bastante dos bancos públicos. Sem eles, não chegaria o desenvolvimento que estas instituições trazem à população”, explicou a dirigente sindical Vivian Sá.

No ano passado, a mobilização do Sindicato junto aos trabalhadores e a população impediu o fechamento de agências da Caixa em bairros de São Paulo como o Jardim Camargo Novo e Vila Joaniza.

“Estes ataques trariam transtornos a todos: para a população, que precisaria se deslocar para outras localidades para ter acesso a uma agência bancária; para os comerciantes e empresários locais, que não teriam mais dificuldade no acesso a crédito; e aos bancários, que seriam realocados e enfrentariam agências ainda mais superlotadas. Defendemos mais contratações para a Caixa e o não fechamento de unidades”, completou a dirigente.



Voltar para o topo