Insegurança

Agência do Bradesco é assaltada na zona oeste de SP

Sindicato agiu prontamente solicitando a dispensa dos funcionários e sendo atendido; também foi cobrada emissão da CAT

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 11/10/2017 17:13 / Atualizado em 11/10/2017 17:25

Arte: Freepik

São Paulo - Uma agência do Bradesco foi assaltada no início da tarde de quarta-feira 11, na Rua Butantã, zona oeste de São Paulo. O Sindicato agiu assim que foi informado sobre o ocorrido e garantiu a dispensa de todos os funcionários que estavam na unidade na hora do crime. Ninguém ficou ferido.

Assine o boletim eletrônico com notícias específicas do Bradesco

"Nos reunimos com os trabalhadores e também informamos sobre a importância de eles cobrarem a emissão da CAT. Nos próximos dias vamos entrar em contato com o banco para reivindicar o documento", disse Paulo Sobrinho, diretor do Sindicato, que esteve no local.

A CAT, Comunicação de Acidente de Trabalho, é um registro de que o bancário passou pelo trauma e pode ser usado como comprovação de nexo entre o ocorrido e eventuais transtornos mentais que possam vir a se manifestar no futuro. "Nem sempre as consequências psicológicas de ser submetido a uma experiência com essa aparecem imediatamente. Às vezes levam anos para aparecer", completa Paulo Sobrinho.

O assalto ocorreu por volta do meio-dia, quando quatro bandidos invadiram a agência, apesar da porta de segurança, e renderam o vigilante. Além de dinheiro, levaram as armas dos vigilantes e fugiram antes de a polícia aparecer.



Voltar para o topo