Hoje

Barueri recebe a terceira das audiências em defesa dos bancos públicos

Debates, abertos a toda população, já passaram por Embu das Artes e Carapicuíba; agenda tem também outras três datas, sendo duas em São Paulo e outra em Osasco

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 02/10/2017 18:00 / Atualizado em 06/10/2017 13:31

Embu das Artes recebeu o primeiro debate da série

Foto: Seeb-SP (Arquivo)

São Paulo - A série de audiências públicas para explicar à população os riscos do desmonte dos bancos públicos para os municípios do estado de São Paulo tem prosseguimento na sexta 6, na Câmara Municipal de Barueri. Será às 19h e é aberta a qualquer pessoa que queira participar. O assunto é de extremo interesse de toda a sociedade, já que os bancos públicos são os principais responsáveis pelo pagamento de programas sociais e os investimentos no desenvolvimento econômico dos municípios.

O endereço é Alameda Wagih Salles Nemer, 200, Centro. Veja abaixo mapa de como chegar e compareça!

Na cidade a Caixa Federal banca R$ 9,6 milhões para serem investidos em saneamento básico, sendo quase metade em áreas sujeitas inundações, enxurradas e alagamentos recorrentes. Também pagou R$ 13,4 milhões em benefícios sociais abrangendo mais de 10 mil cidadãos, somente em 2016. Ainda no ano passado, a Caixa destinou R$ 30 milhões do Fundo Nacional de Saúde para o município.

Já o Banco do Brasil repassou R$ 23,6 milhões para a educação básica e valorização do professor, além de R$ 54,5 milhões do Fundo de Participação dos Municípios.

Juntos, Caixa e BB garantiram à cidade R$ 6,2 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

> Confira jornal sobre a atuação da Caixa e do BB em Barueri

As audiências fazem parte da mobilização contra o desmonte do patrimônio público, ou seja, em defesa dos bancos públicos. Barueri será a terceira cidade a receber o debate, após Embu das Artes e Carapicuíba. Há outras três programadas, duas na capital e a outra em Osasco.

Arte: Fabiana Tamashiro

Além das audiências, a luta também está nas ruas. Semanalmente, sempre às quartas-feiras, o Sindicato faz manifestações em diversos locais para conscientizer a população sobre a importância dos bancos públicos para a sociedade. Também há um grande ato marcado para terça 3 com diversas categorias, no Rio de Janeiro.

Bancos Públicos - O Banco do Brasil, por exemplo, já foi forçado a eliminar 10 mil postos de trabalho e fechar 400 agências. A Caixa Federal, por sua vez, cortou 4,7 mil vagas de emprego e quer fechar outras 5 mil. Todos esses ataques contribuem para o desmantelamento do papel social dessas empresas, uma vez que o BB é o grande responsável pelos investimentos na agricultura e, a Caixa, na habitação.

 

 



Voltar para o topo