CCB

Dirigente sindical reintegrado ao China Construction Bank

Reginaldo Soares de Souza, de Cariri, havia sido demitido por conta da reestruturação implementada sem negociação prévia com o movimento sindical

  • Contraf-CUT
  • Publicado em 05/10/2017 15:12 / Atualizado em 05/10/2017 15:17

Foto: Wikimedia

São Paulo - O dirigente sindical Reginaldo Soares de Souza, do Sindicato dos Bancários de Cariri, no Ceará, conquistou o direito de reintegração do seu emprego no China Construction Bank (CCB). Ele havia sido demitido por conta da reestruturação implementada sem negociação prévia com o movimento sindical.

Desde julho o CCB tem fechado postos de trabalho em todo o Brasil, como agências de negócios e departamentos comerciais. Com isso, eles estão promovendo demissões de dezenas de trabalhadores, entre eles, dirigentes sindicais.

A Contraf-CUT já procurou o banco em algumas ocasiões sem obter respostas. “Esta semana entramos em contato novamente com o banco, para marcar uma reunião sobre a reestruturação e sobre acordo de PPR (Programa Próprio de Remuneração) para o banco e para a financeira. Esperamos retorno o quanto antes para agendar este encontro”, explicou Jair Alves, coordenador das negociações com o CCB.



Voltar para o topo