Santander

2018: luta pela revogação da Reforma Trabalhista

Só a luta resultará em mais avanços na defesa de direitos para os trabalhadores

  • Publicado em 22/12/2017 14:20 / Atualizado em 22/12/2017 17:05

São Paulo - Marcelo Gonçalves, bancário do Santander e Secretário de Cultura do Sindicato, destaca no balanço de 2017, entre os principais avanços, o acordo no Call Center do Santander para melhoria nas condições de trabalho. Ele ressalta que durante o ano, foram realizadas diversas atividades em agências e prédios administrativos para denunciar as metas abusivas, a pressão para a entrega de resultados, além de cobrar o combate ao assédio moral.

Ele destaca que a forte mobilização, que abrangeu 13 mil bancários, no dia nacional de luta contra a implementação de medidas da Reforma Trabalhista impostas pelo banco, é uma mostra da garra e disposição de luta para 2018 na defesa dos direitos.



Voltar para o topo