Acordo coletivo

Empregados de cooperativas de crédito têm assembleia dia 17

Sindicato convoca trabalhadores para deliberar sobre acordo coletivo de trabalho. Realização de nova assembleia deve-se ao fato de que o sindicato patronal que havia negociado a proposta original não é mais o legítimo representante das empresas

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 06/12/2018 20:16 / Atualizado em 06/12/2018 20:19

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região (Seeb-SP) e a Fetec-CUT/SP convocam os empregados de cooperativas de crédito para assembleia no dia 17 de dezembro, na qual deverão deliberar novamente sobre o acordo coletivo de trabalho que prevê, entre outros pontos, reajuste de 4,5% (reposição da inflação mais aumento real de 2,69%). Essa proposta já havia sido ratificada pelas cooperativas, e já tinha sido aprovada pelos trabalhadores em assembleia no dia 13 de agosto, mas o Sindicooperativas (sindicato patronal) não avançou na assinatura do acordo.

O Sindicato só tomou conhecimento do motivo dessa demora recentemente, com o recebimento de notificação de outra entidade patronal, o Sindicresp, informando que, por decisão judicial já transitada em julgada, o Sindicooperativa não mais representava as cooperativas de crédito do Estado de São Paulo (veja notificação extrajudicial recebida pelo Sindicato).

Durante todos esses meses, diversas cooperativas e trabalhadores procuraram o Sindicato questionando a demora da assinatura da convenção coletiva. E o Sindicato propôs que os acordos fossem celebrados diretamente entre as entidades sindicais dos trabalhadores (Seeb-SP e Fetec-CUT/SP) e as cooperativas.

“A negociação foi feita com o Sindicooperativas, mas a proposta tinha a concordância das cooperativas. Portanto, com a ilegitimidade do Sindicooperativas, e com a impossibilidade de se firmar o acordo com o Sindicresp, que não participou das negociações, a alternativa é firmar o instrumento coletivo diretamente com as cooperativas. E para isso, temos de realizar nova assembleia”, explica o dirigente sindical da Fetec-CUT/SP Jair Alves.

“É importante a participação dos trabalhadores nesta assembleia, para que finalmente possamos firmar o acordo coletivo de trabalho a fim de garantir os reajustes nos salários e demais verbas, retroativos a junho, bem como os demais direitos previstos”, acrescenta o dirigente.

A assembleia será no auditório amarelo da sede do Sindicato (Rua São Bento, 413, Centro), em primeira convocação às 18h30 e, em segunda convocação às 19h.

AnexoTamanho
PDF icon notificacao_extrajudicial.pdf105.31 KB


Voltar para o topo