Sexta 21

Por aposentadoria, servidores municipais convocam paralisação geral

Mobilização, que tem apoio do Sindicato, acontece na sexta-feira 21 em frente à Câmara Municipal, às 14h, e reivindica a retirada de pauta do PL 621/16, que aumenta a contribuição dos servidores municipais para o Fundo de Previdência da capital paulista

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 18/12/2018 18:19 / Atualizado em 19/12/2018 18:44

Foto: Roberto Parizotti/CUT

Na próxima sexta 21, servidores públicos municipais promovem em frente à Câmara Municipal (Viaduto Jacareí, 100, Centro), às 14h, o ato Paralização Geral dos Serviços Públicos.

A mobilização reivindica a retirada de pauta do PL 621/16, conhecido como reforma da Previdência de São Paulo, que aumenta a contribuição dos servidores, de 11% para até 14%, para o Fundo de Previdência da capital paulista. Além disso, o projeto privatiza parte do sistema de aposentadoria do funcionalismo, com a criação da Sampaprev.

No mesmo dia do ato dos servidores acontece audiência pública da Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal sobre o PL 621/16.

“O Sindicato, enquanto entidade representativa de trabalhadores, não poderia deixar de apoiar a mobilização dos servidores de São Paulo em defesa das suas aposentadorias e contra esse verdadeiro confisco de salário. O governo federal eleito também tem o seu perverso projeto de reforma da Previdência engatilhado e nós, trabalhadores de todas as categorias, estaremos juntos para barrar qualquer retrocesso ou prejuízo”, enfatiza a presidenta do Sindicato, Ivone Silva.



Voltar para o topo