Saúde

O INSS cessou o benefício ou tive indeferimento, mas não me sinto apto(a) ao trabalho, o que fazer?

  • Publicado em 28/12/2016 14:27 / Atualizado em 27/02/2019 12:09
Resposta: 

Se o benefício cessou e você não marcou o PP (Pedido de Prorrogação) ou se você passou na perícia e teve o benefício concedido até o dia da perícia somente, ou ainda, teve o beneficio indeferido, em todas essas situações deve informar sobre a cessação do benefício e/ou o resultado da perícia ao banco, enviando o comunicado de decisão imediatamente após recebimento do mesmo, e agendando o exame de retorno. 

Em caso de Inapto(a) ao retorno, pode pedir ao banco o salário emergencial, que deve ser solicitado formalmente ao empregador. Para isso, apresentar o ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) de Inapto(a) e o Requerimento da Junta de Recursos no INSS (qualquer dúvida ou problema, procurar o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região).

Em caso de Apto(a), o(a) trabalhador(a) que não reunir condições de trabalho, pode apresentar no dia seguinte um novo atestado médico que comprove sua incapacidade laborativa , nesse caso, pode também entrar com recurso na Junta de Recursos no INSS, bem como entrar com novo pedido de benefício a partir de 30 dias da última perícia. 

Em todos os casos, esclarecer as dúvidas procurando o Sindicato se houver negativas ou quaisquer problemas junto ao banco.



Voltar para o topo