Diversidade

Santander abre vagas para negros

Maior diversidade nos bancos é antiga reivindicação do Sindicato, que cobra ampla divulgação e transparência no processo seletivo

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 22/04/2019 17:00

Foto: Freepik

O Santander enviou comunicado aos funcionários sobre a abertura de vagas direcionadas para negros (pretos e pardos), o Programa Talento Não Tem Cor, solicitando que divulguem o link do processo seletivo (bit.ly/talentoNaoTemCor) entre seus contatos. De acordo com o comunicado, as vagas são para gerente, coordenador, analista, estagiário e jovem aprendiz. Uma maior diversidade no setor financeiro é uma antiga bandeira de luta do Sindicato.

“A iniciativa do Santander é louvável e esperamos que inspire outros bancos a fazer o mesmo, uma vez que a presença de pretos no setor, especialmente nos cargos de chefia, ainda é mínima. Negros [pretos e pardos] são 54% da população e devem ter acesso e representação proporcional em todos os setores, incluindo o financeiro. Nos sentimos vitoriosos em obter avanços em uma reivindicação tão importante e histórica do Sindicato”, diz a dirigente sindical, coordenadora do Coletivo de Combate ao Racismo do Sindicato e bancária do Santander, Ana Marta Lima. 

> Faça a sua sindicalização e fortaleça a luta em defesa dos direitos dos bancários

De acordo com o Censo da Diversidade Bancária - levantamento mais recente sobre o perfil da categoria, realizado em 2014 -, negros ocupam apenas 24,6% dos cargos nos bancos (os pardos são 21,2% e os pretos são 3,4%).  O Sindicato conquistou na Campanha Nacional 2018 a realização de um novo Censo da Diversidade. 

Ana Marta lembra que uma maior diversidade nas empresas, especialmente em posições de comando, proporciona melhores resultados para essas organizações. “Um estudo sobre diversidade realizado pela consultoria McKinsey and Co., em 12 países, mostra que as empresas com times de executivos com maior variedade de perfis são mais lucrativas. No caso da diversidade cultural e étnica, empresas com maior diversidade têm 21% mais chances de apresentar resultados acima da média do mercado.”

“O Sindicato acompanhará o processo seletivo de perto e cobra do Santander ampla divulgação e transparência nas contratações. Queremos ver na prática essas contratações, saber o número de contratados e onde serão alocados”, conclui a dirigente. 



Voltar para o topo