Família

Formando papais para o século XXI

Bancários já podem se inscrever para curso de paternidade responsável do Sindicato, necessário para ter direito à licença ampliada de 20 dias

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 31/07/2017 16:26 / Atualizado em 08/08/2017 12:59

Foto: Divulgação

São Paulo – Atenção, papais! Já estão abertas as inscrições para a próxima turma do curso de Paternidade Responsável do Sindicato. As aulas começam no dia 21 de agosto e são requisito para ter direito à licença-paternidade estendida, de 20 dias.

O curso tem duração de quatro dias e é realizado à noite, das 19h às 22h. O programa é elaborado de maneira a oferecer ao participante um conteúdo interdisciplinar, pensando a família em sua totalidade.

É gratuito para sócios do Sindicato. Basta entrar em contato pelo 3188-5200. Para os demais bancários, custa R$ 50. Vale lembrar que a matrícula pode ser realizada em qualquer tempo de gestação. Mas não dê bobeira! As vagas são limitadas a 25 participantes por turma.

"Esse é mais um projeto inovador da Faculdade 28 de Agosto, que além de ser uma faculdade de excelência, com professores mestres e doutores, tem uma visão cidadã para promover, em parceria com o Sindicato, uma educação para a igualdade e a construção de relações compartilhadas entre homes e mulhres na sociedade", afirma a secretária-geral do Sindicato, Neiva Maria.

Conteúdo – No primeiro dia, o tema é Relações contemporâneas e o redimensionamento do papel dos pais. Aqui, é proposta uma reflexão coletiva sobre a paternidade e a maternidade no mundo contemporâneo.

No dia seguinte, a aula é sobre Paternidade e os desafios para a família. Esse módulo trata da abordagem psicológica sobre o momento na vida do pai, os desafios para a família com a chegada do novo integrante, além de pontos como depressão pós-parto e o respeito à condição biológica e psicológica da mulher.

O terceiro dia é aberto também à participação das gestantes. Com o tema Cuidados práticos com o recém-nascido, os alunos aprendem a trocar fralda, colocar para dormir, alimentação e pós-mamada, entre outros assuntos que auxiliarão a desmistificar o dia a dia com o bebê.

Para encerrar, o quarto dia traz o tema Educação para a autonomia, igualdade e singularidade, discutindo conceitos pedagógicos novos e antigos, educação para igualdade e a função paterna nesse contexto.



Voltar para o topo