Campanha salarial dos bancários terá impacto de R$ 12 bilhões na economia

  • Publicado em 11/10/2016 00:00 / Atualizado em 26/02/2017 07:02
Os ganhos dos trabalhadores ajudam a aquecer a economia brasileira e fazem o país crescer. Somente as conquistas dos 504.345 bancários na Campanha Nacional Unificada 2016 – reajustes nos salários, vales e PLR total – vão levar à economia brasileira R$ 12.118 bilhões.

Este ano, o índice conquistado pelos bancários foi de 8% e abono de R$3.500, com vale  refeição e o auxílio creche-babá reajustados em 10% e o vale alimentação em 15%. Em 2017 haverá a correção integral no INPC acumulado, com aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas.

“Nossa Campanha vai injetar na economia R$ 12 bilhões. Somente a PLR conquistada pela categoria bancária terá impacto de R$ 5,470 bilhões em um ano. E, após a assinatura, só este mês, serão R$ 3,892 bilhões injetados em até dez dias após assinatura do acordo, entre abono e a primeira parcela da PLR”, disse Juvandia Moreira, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região. “Em um ambiente de alta incerteza política e econômica e ataque aos direitos dos trabalhadores, a categoria garantiu ganho real em 2017 e para este ano manteve a valorização em itens importantes como vale alimentação, refeição e auxilio creche
para toda a categoria no país e a criação de um centro de realocação e requalificação profissional, com o objetivo de combater as demissões no setor”.

Impacto na economia – O reajuste de 8% nos salários da categoria bancária mais o abono de R$ 3.500, conquistados na Campanha Nacional de 2016 representa um acréscimo anual de cerca de R$ 5,771 bilhões na economia, de acordo com projeção feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em âmbito nacional, a PLR conquistada pela categoria bancária injetará por volta de R$ 5,470 bilhões na economia nos próximos 12 meses. Já na antecipação do pagamento, que será paga dez dias após a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, o impacto na economia será de cerca de R$ 2,127 bilhões. Além disso, o reajuste de 15% e 10% nos auxílios alimentação e refeição, respectivamente, da categoria bancária terá um impacto adicional de R$ 877,525 milhões em um ano. Somando o reajuste nos salários, abono, vales e a PLR total o impacto da campanha salarial dos bancários 2016 será de R$ 12,118 bilhões.

Assinatura - O Comando Nacional dos Bancários e a federação dos bancos (Fenaban) assinam nesta quinta-feira (13) às 16h, na Febraban, em São Paulo, renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), resultado do acordo firmado em negociação, após trinta e um dias de greve da categoria.
 


Voltar para o topo