Itaú

2018: luta para garantir campanha salarial com mais conquistas

Só a luta resultará em mais avanços na defesa de direitos para os trabalhadores

  • Publicado em 22/12/2017 14:20 / Atualizado em 22/12/2017 16:29

São Paulo- A internalização de trabalhadores terceirizados da TI, na aquisição do Citibank, foi destaque entre as conquistas dos bancários do Itaú e um marco na categoria, que luta contra a terceirização. Maikon Azzi, funcionário do Itaú e coordenador do coletivo dos bancários do Itaú do Sindicato, também destaca na retrospectiva de 2017, a conquista da Cláusula 62 aditiva à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para a criação dos Centros de Requalificação e Realocação para trabalhadores afetados pelo avanço da tecnologia.

Ele ressaltou ainda a conquista do acordo que garante a PCR para 2018. Maikon alerta que só a luta garantira mais avanços no ano que se inicia, com muita garra para finalizarmos uma campanha vitoriosa com mais conquistas para os trabalhadores.



Voltar para o topo