MB com a Presidenta

Discriminação inibe LGBTs de se assumirem no ambiente de trabalho

  • Publicado em 03/10/2017 16:20 / Atualizado em 03/10/2017 17:03

São Paulo - Orientação sexual ou identidade de gênero dentro das instituições financeiras foi um dos destaques do MB com a Presidenta. Os participantes ainda falaram sobre o direito dos bancários, que desde março deste ano, podem usar nome social no trabalho, como por exemplo, nos crachás, cartões e holerite. A conquista é fruto de reivindicação levada à mesa bipartite de Igualdade de Oportunidades, que reúne representantes dos bancários e da Fenaban. No MB, os participantes relataram, que o preconceito ainda precisa ser vencido, de forma que os LGBTs não ocupem cargos e funções precarizadas. Participaram desta edição, o dirigente Maikon Azzi, coordenador do coletivo LGBT do Sindicato, Lucas Bulgarelli, coordenador do Grupo de Trabalho em diversidade e direito do Crivelli Advogados, além de William De Lucca, jornalista e ativista LGBT.

MB com a Presidenta – O programa de webtv vai ao ar às terças-feiras, às 18h, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube da TV dos Bancários (TVB), site do Sindicato e Facebook. É um espaço de entrevistas, que aborda assuntos de interesse dos bancários, dos direitos dos trabalhadores e de cidadania.

Assista aqui ao programa na íntegra.



Voltar para o topo