Mobilização

Sindicato recolhe assinaturas em defesa dos bancos públicos

Em mais um dia de mobilização, dirigentes do Sindicato conversaram com a população sobre o papel social das instituições; na zona sul, categoria engrossou protesto contra a privatização do Metrô

  • Danilo Motta, Redação Spbancarios
  • Publicado em 06/09/2017 17:18

Neiva Ribeiro explica a importância dos bancos públicos para toda a sociedade

Foto: Seeb-SP

São Paulo – O Sindicato foi às ruas em mais uma série de atividades em defesa dos bancos públicos. Os atos ocorreram na quarta 5 em todas as regiões da capital, Osasco e Taboão da Serra. Os dirigentes dialogaram com os trabalhadores sobre o papel social de instituições como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal e coletaram assinaturas para o abaixo-assinado contra o desmonte dos bancos públicos.

Na mesma data, na zona sul da capital, representantes da catetegoria juntaram-se aos metroviários em mobilização de resistência aos planos do governo Alckmin de privatizar o metrô de São Paulo.

“O Sindicato tem permanecido na rua para esclarecer a população sobre a importância de a gente se mobilizar em defesa do patrimônio público brasileiro. E estamos passando um abaixo-assinado para que as pessoas compreendem a importância dessa luta se juntem conosco para que a gente impeça o desmonte dos bancos públicos que vai ser tão maléfica para a sociedade”, afirmou Neiva Ribeiro, secretária-geral do Sindicato.

Os dirigentes também distribuíram a cartilha Em Defesa dos Bancos Públicos, elaborada pelo Sindicato para desmistificar o que é dito sobre as instituições. Os participantes aproveitaram, também para tirar dúvidas e esclarecer sobre o papel social dos bancos públicos, que são responsáveis pelo crédito agrícola, financiamento imobiliário e crédito estudantil.

“Querem privatizar até a Lotex, que é uma das loterias da Caixa, e, com isso, esse recurso acabaria não indo para os investimentos sociais. Vai acabar nas mãos dos banqueiros! Por isso que nós somos contra as privatizações da Caixa, do Banco do Brasil e de outras empresas públicas. A agricultura familiar é majoritariamente bancada pelo Banco do Brasil. É dinheiro para produzir o alimento que vai para a nossa mesa”, ressalta Ernesto Izumi, dirigente do Sindicato e bancário do BB.

Participe da mobilização – Quer contribuir na luta contra o desmonte dos bancos públicos? Basta baixar o PDF do arquivo do abaixo-assinado, imprimir e recolher assinatura de pessoas no seu local de trabalho, no seu bairro ou até mesmo entre seus amigos. Depois, basta entregar o material na sede do Sindicato, na Rua São Bento, 413, Centro. Você pode também deixar com um dos nossos dirigentes.

Aproveite para testar os seus conhecimentos sobre os bancos públicos! 

 


Voltar para o topo