Liberdade de Opinião

Sindicato distribui Folha Bancária no Casa 1 e dá o recado: NÃO à censura!

Direção do Santander mandou apreender cerca de mil exemplares do jornal no Casa 1 e na Torre, na quarta 26; atitude remete aos tempos de chumbo da ditadura

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 28/09/2018 18:05 / Atualizado em 01/10/2018 12:06

Foto: Mateus Borges/Afubesp

Na luta pela liberdade de informação e contra a censura, dirigentes do Sindicato distribuíram nesta sexta-feira 28 a Folha Bancária em frente ao Casa 1/Radar, centro administrativo do Santander em Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Na quarta-feira 26, a direção do banco mandou apreender cerca de mil exemplares do jornal no mesmo local e também na Torre, em uma atitude antissindical e arbitrária que remete aos anos de chumbo da ditadura.

Confira aqui a edição da Folha Bancária apreendida pelo Santander

“A Folha Bancária traz um recado aos trabalhadores: ‘a defesa dos seus direitos depende do seu voto’. E as escolhas nestas eleições de outubro irão refletir na nossa vida. Mas isso, lamentavelmente, foi censurado pelo Santander. Trata-se de uma afronta à democracia e à liberdade de opinião”, salienta o dirigente sindical e bancário do Santander Roberto Paulino.

Santander defende desmonte trabalhista de Temer

“Não à censura! A Folha Bancária distribuída na última quarta-feira no Casa 1 traz um assunto fundamental para todos os brasileiros. Não estamos fazendo campanha nem pedindo votos, mas sim informando quem foram os parlamentares que votaram a favor de uma reforma trabalhista nefasta apoiada, inclusive, pelo banco Santander, além de outros retrocessos trabalhistas e sociais”, complementa o dirigente Antonio Netto.



Voltar para o topo