Essa conta é sua?

Reforma da Previdência Social ataca segurados e ignora problemas reais

Enquanto governo foca reforma na capitalização e em dificultar o acesso da população à aposentadoria, ignora dívida de empresários, recursos desviados por meio da DRU e desonerações fiscais

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 13/02/2019 14:45 / Atualizado em 13/02/2019 17:57

Arte: Linton Públio

A nova proposta de reforma da Previdência Social, vazada pela imprensa e amparada por declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, tem como principais objetivos transformar o atual modelo, público e solidário, em um sistema de capitalização em contas individuais, modelo já testado sem sucesso no Chile, além de dificultar e tornar praticamente impossível o acesso de uma grande parcela da população à aposentadoria. 

Faça a sua sindicalização e fortaleça a luta em defesa dos direitos dos bancários

Por outro lado, o governo ignora fatores que realmente afetam negativamente o sistema de Seguridade Social como, por exemplo, as dívidas de empresários, os recursos desviados por meio da DRU (Desvinculação das Receitas da União) e as desonerações fiscais. 

> Querem acabar com sua aposentadoria
> Leia Folha Bancária 6.180, especial sobre a Previdência Social
> Leia Folha Bancária edição 6.179 especial sobre a Previdência Social 
Trabalhadores ocuparão Praça da Sé contra reforma da Previdência

Veja abaixo com o que governo que "economizar" e os fatores que realmente puxam as contas da Previdência para baixo: 



Voltar para o topo