Pular para o conteúdo principal
Chapéu
SantanderPrevi

Eleições transparentes e democráticas são conquista

Linha fina
Votação para fundo de pensão dos bancários do antigo Real e do Santander será realizada entre os dias 28 de julho e 3 de agosto; eleja quem prioriza interesse dos trabalhadores                                   
Imagem Destaque

São Paulo – Está definido o calendário para a eleição de representantes para os Conselhos Deliberativo e Fiscal do Santanderprevi, fundo de pensão dos trabalhadores do antigo Banco Real e do Santander.

O edital de convocação foi publicado na segunda 26 e os candidatos poderão se inscrever até 3 de julho. O período de votação está marcado de 28 de julho à 3 de agosto. A divulgação será feita por meio dos meios de comunicação internos do banco e a eleição, eletrônica, será pelo portal do SantanderPrevi. 

Camilo Fernandes, presidente da Afubesp (associação de funcionários do banco) e integrante da Comissão Eleitoral, destaca que foram anos de luta até, finalmente, o Santander recuar no que diz respeito às eleições do fundo, que na verdade não existiam de fato e acabaram indo parar na Justiça.

Já no início desse novo processo, Camilo apontou dois grandes entraves e conseguiu revertê-los para tornar o pleito transparente e democrático: o Santander exigia que os candidatos tivessem, no mínimo, o cargo de superintendente; eles não poderiam ter nenhuma ação judicial, individual ou coletiva contra o fundo ou contra a patrocinadora para poder concorrer.

“É uma vitória importante para os participantes do SantanderPrevi. O último pleito foi judicializado justamente pela ausência da presença efetiva de participantes concorrendo aos cargos”, comemora o presidente da Afubesp. “Agora, os participantes precisam escolher bem em quem irão votar. Devem priorizar aqueles que realmente defendam seus interesses e zelem pelo patrimônio do fundo de pensão”, conclui.