Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Santander

Trabalhadores estão sendo obrigados a cederem direitos de imagens e dados pessoais

Linha fina
Documento enviado pelo banco espanhol diz que dados podem ser compartilhados com terceiros no Brasil e no exterior. Sindicato tomará medidas necessárias
Imagem Destaque
Reprodução

Os bancários foram surpreendidos mais uma vez com a postura intransigente do banco espanhol. Informações que chegaram ao Sindicato, dão conta de que o Santander enviou um contrato chamado de Termo Aditivo ao Contrato de Trabalho que, se assinado, dará total direito ao banco de coletar e armazenar imagens e dados pessoais, bem como compartilhar essas informações a terceiros no Brasil e também no exterior.

O documento foi enviado via Portal do RH e deverá ser assinado até o dia 14 de agosto.

A dirigente sindical Maria Rosani, condena mais essa postura antissindical do Santander de tomar medidas que prejudicam seus trabalhadores sem negociação com o movimento sindical.

"Esse contrato é lesivo aos trabalhadores uma vez que ele altera o contrato original e ainda tem acesso a dados pessoais e sigilosos que são o bem mais preciso que cada indivíduo tem dentro do universo tecnológico. E não podem ser expostos a qualquer empresa nem aqui muito menos no exterior como quer o banco", critica.

Ela ainda comenta que os bancários têm relatado que estão inseguros e que por isso, estão buscando orientação no Sindicato.

"Nossa orientação é para que os trabalhadores não assinem esse documento. Ao nosso ver esse contrato é ilegal na medida em que altera o contrato original em prejuízo do trabalhador. O Sindicato tomará medidas necessárias para impedir que o Santander coloque em prática mais esse pacote de maldades contra os trabalhadores. E caso os bancários sintam-se pressionados, denunciar ao Sindicato", finaliza.

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

> Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? CLIQUE AQUI e deixe seu contato que vamos te ligar 

> Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário 

Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia

> Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.