Logo mais

SP tem protesto nesta quarta contra cortes nas linhas de ônibus

Manifestantes reclamam que mudanças de Doria em mais de 300 linhas não foi discutida com a população e vai acarretar mais baldeações nos deslocamentos pelo cidade

  • Rede Brasil Atual
  • Publicado em 21/03/2018 14:09 / Atualizado em 21/03/2018 14:09

Moradores da periferia, idosos, mães e pessoas com dificuldade de locomoção serão prejudicadas com baldeações

Foto: Divulgação/Prefeitura SP

São Paulo – Manifestantes devem se reunir nesta quarta-feira (21) no centro de São Paulo para protestar contra as mudanças nas linhas de ônibus que a prefeitura de São Paulo pretende fazer, a partir de uma nova licitação para o transporte público na cidade. Pelo projeto defendido pela gestão do prefeito João Doria, 149 linhas vão ser extintas e outras 186 terão seu trajeto reduzido ou alterado. A reportagem é da RBA.

A Frente Povo Sem Medo de São Paulo, que organiza o protesto, aponta que as mudanças foram definidas sem diálogo com a população, e devem afetar principalmente os moradores da periferia, idosos, mães com crianças de colo e pessoas com dificuldade de locomoção, que deverão fazer uma ou mais baldeações devido às alterações nos trajetos.

A prefeitura alega que as modificações têm finalidade de reduzir o tempo circulação e de espera dos coletivos, mas o projeto de licitação também prevê a retirada de 963 veículos.

O protesto Não aos Cortes de Linhas, que também reivindica melhorias no transporte público, ocorrerá nesta quarta-feira 21, a partir das 15h, na Praça da República, no centro da capital paulista.


 



Voltar para o topo