Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Bradesco

Sindicato cobra respeito ao expediente bancário na Copa

Linha fina
Banco pressiona gerentes administrativos a ir trabalhar às 8h na sexta 22, uma hora antes da partida Brasil x Costa Rica,contrariando orientação da Febraban
Imagem Destaque
Foto: Freepik

Gerentes administrativos do Bradesco estão sendo pressionados a trabalhar a partir das 8h nesta sexta-feira 22, contrariando orientação da Febraban em relação ao expediente bancário em dias de jogo do Brasil na Copa. Nesta sexta, às 9h, o Brasil encara a Costa Rica pela segunda rodada da primeira fase da competição.

Pela circular da Febraban, para os jogos da seleção brasileira que começam às 9h, as agências bancárias deverão funcionar das 13h às 17h.

> Veja os horários de funcionamento do Sindicato nos jogos do Brasil da fase de grupos

“O comunicado da federação dos bancos é claro ao orientar a alteração no horário. Mesmo assim, alguns gerentes regionais do Bradesco estão forçando os administrativos a trabalhar mais cedo. Queremos respeito a estes bancários, que devem denunciar ao Sindicato se estiverem sendo vítima deste tipo de pressão”, orienta a dirigente sindical e bancária do Bradesco Sandra Regina.

A Contraf-CUT entrou em contato com o departamento de Recursos Humanos do Bradesco solicitando que os bancários não sejam obrigados a trabalhar às 8h. O banco atendeu à solicitação do movimento sindical e já comunicou que nenhum funcionário precisará trabalhar antes do jogo.