Pular para o conteúdo principal

CineB Solar leva cinema nacional para a zona leste em junho

Imagem Destaque
Imagem de divulgação do projeto CineB Solar na Janela

Na próxima sexta-feira 18, o projeto CineB Solar na Janela - uma realização do Sindicato em parceria com a Brazucah Produções, que utiliza energia renovável para exibição de filmes em paredes e telas de comunidades periféricas de São Paulo e da região metropolitana - levará curtas-metragens nacionais para o Condomínio Novo Milênio, na zona leste de São Paulo.

Serão exibidos os filmes Umbrella, com direção de Helena Hilário e Mario Pepe, qualificado para o Oscar 2021; Um café com meu avô Durval, com direção de Anna Muylaert (Mãe só há uma e Que horas ela volta); Carne, de Camila Kater; e O Gato Sem Botas, de Paula de Abreu.

Além de acompanharem os filmes das janelas de suas casas, com som transmitido via rádio FM, os moradores também poderão assistir à projeção dos seus carros, no formato CineB Autorama, respeitando todos os protocolos de distanciamento social.

CineB Solar na Janela e CineB Autorama:

  • Data: 18 de junho, das 18h às 21h
  • Local: Condomínio Novo Milênio
  • Endereço: Rua Alexandre Groppali, 125, Fazenda da Juta.
  • Convites: Serão entregues pela administração do condomínio

Sobre o CineB Solar

O CineB SOLAR é um circuito itinerante de cinema realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções. Desde 2007, o projeto já atingiu um público de 74 mil espectadores em mais de 577 sessões gratuitas realizadas em comunidades e universidades de São Paulo. A iniciativa busca democratizar o acesso ao cinema nacional e divulgar os filmes produzidos no Brasil. Já foram exibidos na tela do CIineB Solar mais de 141 longas-metragens e 91 curtas-metragens, além de pré-estreias exclusivas.

Parceria com a Letraria Cultural

O CineB Solar firmou parceria com a Letraria Cultural, coletivo formado por militantes da boa leitura que arrecada livros usados e distribui em bairros da capital paulista.

Formado exclusivamente por voluntários, o projeto se mantém pelo trabalho de seus colaboradores. A Letraria recebe doações de bibliotecas, editoras e livrarias. Recebe também livros de leitores que querem dar uma nova oportunidade àquelas obras que muitas vezes estão acumulando pó, esquecidas, nas prateleiras de suas casas. Após a arrecadação, os livros são organizados e preparados para serem entregues a moradores de bairros previamente escolhidos, e também para bibliotecas comunitárias.

De acordo com o coordenador do CineB Solar, Cidálio Vieira dos Santos, a parceria visa potencializar o acesso a cultura aos moradores de bairros com pouca oferta de atividades culturais. “Já recebemos a doação de vários livros, que serão sorteados entre os moradores durante as sessões nos condomínios, nas quais divulgaremos o trabalho da Letraria, incentivando a arrecadação de livros”, enfatiza.

CLIQUE AQUI e conheça o trabalho da Letraria Cultural.