Seus direitos

Conferência Nacional dos Bancários começa na sexta

Sob o mote "Lutar, defender e garantir. Nenhum direito a menos!", trabalhadores de bancos públicos e privados de todo o Brasil reúnem-se em São Paulo em defesa dos empregos e direitos; acompanhe por aqui ou pelas redes sociais do Sindicato

  • Redação Spbancarios com informações da Contraf-CUT
  • Publicado em 24/07/2017 19:01 / Atualizado em 28/09/2017 13:25

Arte: Contraf-CUT

São Paulo – A 19ª Conferência Nacional dos Bancários começa na sexta-feira 28, em São Paulo. Com o mote Lutar, defender e garantir. Nenhum direito a menos!, 696 bancários – entre delegados, integrantes do Comando Nacional dos Bancários e observadores – vão debater, até 30 de julho, ações para a difícil conjuntura do país.

“Temos de estar mais unidos, organizados e mobilizados do que nunca”, afirma a presidenta do Sindicato, Ivone Silva. “Vamos traçar estratégias de luta em defesa dos bancos públicos e dos nossos empregos diante do aumento do uso de novas tecnologias no sistema financeiro. Também temos de manter a mobilização contra a retirada de direitos prevista pelas reformas trabalhista e da Previdência”, destaca a dirigente.

“Vamos sair com um plano de lutas que será nossa pauta de reivindicação contra a alteração de pontos fundamentais da CLT, que protegeu a classe trabalhadora durante muito tempo”, reforça Roberto von der Osten, presidente da Contraf-CUT e um dos coordenadores do Comando Nacional dos Bancários.

Acompanhe aqui pelo site e pelas redes sociais do Sindicato: www.facebook.com/SPBancarios ou twitter.com/spbancarios.

Confira a programação completa:

Sexta-feira 28

15h às 19h: Credenciamento de delegados, delegadas, observadores e convidados

17h às 18h: Painel Defesa dos Bancos Públicos

20h às 22h: Abertura Solene

Sábado 29

9h às 9h30: Votação do Regimento Interno

9h30 às 11h30: Análise de conjuntura nacional e internacional

11h30 às 13h30: Defesa do Emprego Frente às Novas Tecnologias

13h30 às 14h30: Almoço

14h30 às 17h: Reforma Trabalhista

17h às 18h30: Reforma Previdenciária

18h às 19h: Prazo para substituição de delegados por suplentes

Domingo 30

9h às 13h: Plano de Lutas e encerramento

 



Voltar para o topo