Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Feminismo

Mulheres do Novo Mundo: conheça mais três homenageadas!

Linha fina
Seguidores no Twitter escolheram as representantes nas categorias Atriz, Educação e Movimento Sindical
Imagem Destaque
Arte: Linton Publio

Após o público conhecer as primeiras homenageadas da ação Mulheres do Novo Mundo, promovida pelo Sindicato, chegou a hora de sabermos quem os seguidores do Twitter escolheram nas categorias Atriz, Educação e Movimento Sindical! Na última semana, Carol Solberg foi escolhida como a representante das Mulheres do Novo Mundo na categoria Esporte; Elza Soares, na categoria Música; e Natalia Szermeta, na categoria Movimentos Sociais.

Confira agora as finalistas nas categorias Atriz, Educação e Movimento Sindical e conheça as vencedoras!

Atriz:

Fernanda Montenegro: Diva no teatro, TV e cinema, teceu críticas à desvalorização da arte e da cultura na conjuntura atual.

Taís Araujo: Brilhou ao interpretar Marielle Franco no especial ‘Falas Negras’, exibido no Dia da Consciência Negra.

Maria Flor: Sofreu alvo de campanha difamatória após tecer críticas ao governo Bolsonaro.

Letícia Sabatella: Levantou a voz para falar sobre assédio ao tornar pública violência sofrida aos 12 anos.

Os seguidores escolheram Fernanda Montenegro como representante das Mulheres do Novo Mundo na categoria Atriz!

Educação:

Djamila Ribeiro: Escritora e pesquisadora, promove importantes discussões sobre o feminismo negro.

Eda Luiz: Sua atuação no Cieja Campo Limpo transformou radicalmente a educação de jovens e adultos na região.

Débora Seabra: Primeira educadora dom Síndrome de Down no Brasil, se formou professora e atua com educação infantil.

Sandra Goulart Almeida: Reitora da UFMG, sofreu perseguição devido à execução do projeto do Memorial da Anistia Política na universidade.

Os seguidores escolheram Djamila Ribeiro como representante das Mulheres do Novo Mundo na categoria Educação.

Movimento Sindical:

Juvandia Moreira: Presidenta da Contraf-CUT, foi a primeira mulher a presidir o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Rita Serrano: Representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da Caixa, luta contra a privatização.

Ivone Silva: Atual presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, é a primeira mulher negra a presidir a entidade.

Bebel: Deputada estadual e presidenta do Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo.

Os seguidores escolheram Ivone Silva como representante das Mulheres do Novo Mundo na categoria Movimento Sindical.

Vote nas categorias Saúde, Política e Menção Honrosa

Nesta última etapa, vamos escolher aquelas que representam as Mulheres do Novo Mundo nas categorias Saúde, Política e Menção Honrosa. Conheça as finalistas e vote lá no Twitter!

Saúde:

Jaqueline Goes de Jesus: A biomédica foi uma das responsáveis pela sequenciação do genoma do coronavírus, apenas 48h após o primeiro caso no Brasil.

Margareth Dalcolmo: Pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, tem sido uma das vozes mais ativas na luta contra o coronavírus.

Natalia Pasternak: PhD em Microbiologia, fundadora e presidenta do Instituto Questão de Ciência.

Maria Maeno: Médica especialista em saúde do trabalhador, participou de uma série de atividades virtuais do Sindicato.

Política:

Luiza Erundina: Deputada federal pelo PSOL, foi candidata a vice-prefeita de São Paulo na chapa encabeçada por Guilherme Boulos.

Andrea Barcelos: Bancária, enfermeira e sindicalista; foi candidata a vice-prefeita de São Paulo na chapa encabeçada por Orlando Silva.

Dilma Rousseff: Vítima de um golpe em 2016, a ex-presidenta continua sendo lembrada como símbolo da resistência democrática.

Erika Hilton: Primeira mulher trans e negra eleita vereadora de São Paulo com mais de 50 mil votos.

Menção Honrosa:

Luiza Trajano: A empresária emprestou sua voz – e sua empresa - à luta contra o racismo no mundo corporativo.

Marielle Franco: Assassinada há três anos, a ex-vereadora segue sendo lembrada por sua luta contra as milícias no Rio de Janeiro.

Thelma Assis: Médica negra, foi a preferida do público na primeira edição do BBB em que pessoas comuns competiam com personalidades da mídia.

Laerte: A cartunista venceu a luta contra a Covid após ficar internada por conta da doença – e agora está firme e forte!