Pular para o conteúdo principal

Conselho de Usuários: Sindicato cobra melhorias no atendimento do Saúde Caixa

Linha fina
Primeira reunião extraordinária do ano aconteceu em meio às denúncias de empregados de vários hospitais descredenciados pelo plano e da piora na qualidade do atendimento em plena pandemia
Imagem Destaque
Reprodução

Em sua primeira reunião ordinária do ano, o Conselho de Usuários do Saúde Caixa debateu, nesta quarta-feira 31, melhorias no atendimento do plano de saúde que contemplem os usuários na agilidade de atendimento e na qualidade da rede credenciada. O encontro aconteceu em meio às denúncias de empregados, da ativa e aposentados, de vários hospitais descredenciados pelo plano e da piora na qualidade do atendimento neste momento de pandemia.

Em São Paulo, após uma série de denúncias (veja abaixo como fazê-las) dos usuários e pressão do movimento sindical, os hospitais Pró-Matre e Santa Joana, referência no atendimento de gestantes na cidade, voltaram a ser credenciados pelo Saúde Caixa, após terem sido retirados no mês passado da lista de instituições que prestam atendimento para os beneficiários do plano de saúde.

Na reunião desta quarta-feira 31, os conselheiros ainda repassaram aos representantes da Caixa problemas relatados por empregados ativos e aposentados como demora no retorno dos canais de comunicação disponibilizados pelo plano de saúde, na liberação de autorização prévia para os casos de home care e exames novos, bem como de autorizações de procedimentos.

Na avaliação dos conselheiros, a reestruturação realizada na Vipes (Vice-Presidência de Pessoas) está comprometendo a gestão do plano. Além da redução de empregados na área, o banco está direcionando para uma centralizadora a contratação de serviços. A preocupação é que essa medida afete a agilidade na contratação de novos credenciados e o relacionamento com aqueles que já prestam serviço ao plano de saúde.

Outro ponto em pauta foi atualização cadastral. Os conselheiros voltaram a reivindicar que conste no APP ou portal do Saúde Caixa mensagens solicitando o recadastramento dos aposentados.  Foram debatidos ainda temas como a correção de valores das mensalidades de aposentados, cujo desconto continua com os valores dos vencimentos da ativa e credenciamentos de novos serviços.

“Nós cobraremos no Grupo de Trabalho que o Saúde Caixa continue sustentável, mas a Caixa não pode diminuir a qualidade do plano de saúde através de descredenciamentos sem aviso prévio e negociação com os representantes dos usuários sobre a rede credenciada. O Saúde Caixa é um dos melhores planos do país e tem de continuar com essa excelência no atendimento aos empregados e suas famílias”, enfatiza Francisco Pugliesi, o Chico, diretor do Sindicato e Conselheiro do Conselho de Usuários do Saúde Caixa.

Reunião do GT Saúde Caixa

As demandas dos usuários, bem como o relatório atuarial e financeiro do plano de saúde referente ao exercício de 2020, apresentada pela Caixa ao Conselho de Usuários do Saúde Caixa na reunião desta quarta-feira 31, serão debatidos na reunião no Grupo de Trabalho Saúde Caixa, que acontecerá na semana que vem. Os representantes dos usuários estão finalizando a contratação de uma empresa atuarial para acompanhar e analisar os dados de custeio e gestão apresentados pela Caixa.

O GT Saúde Caixa foi criado, conforme o ACT 2020/2022, para estudar o custeio e gestão do plano de saúde dos empregados. O grupo paritário, composto por representantes dos empregados e da Caixa, deve apresentar um formato de custeio e gestão do plano até o dia 31 de julho de 2021.

Denuncie problemas com descredenciamento

Caso os problemas com descredenciamentos continuem ocorrendo, denuncie ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, via Central de Atendimento ou por meio de um dirigente sindical. Veja abaixo mais formas de entrar em contato com a entidade.  O sigilo é garantido. 

> Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário 

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia