Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Direitos Humanos

Abertura da Feira da Cultura Guarani tem música e dança

Linha fina
A entrada para a feira é gratuita e quem passar por lá pode comprar artesanato e produtos típicos
Imagem Destaque
Foto: Seeb/SP

A abertura da Feira de Artesanato e da Cultura Guarani, realizada pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, começou com dança e música tradicional. Crianças da Tenondé Porã, localizada em Parelheiros, zona sul da cidade, fizeram uma apresentação de uma dança típica em frente à sede do Sindicato. A abertura coincide com o Dia Internacional dos Direitos Humanos, celebrado nesta terça-feira (10).

"Os direitos humanos começaram a ser construídos no século passado, num período de muitos conflitos e guerra. Foi neste tempo que foram tratados como fundamentais os direitos à vida, à educação e à moradia, por exemplo, de forma universal. Celebrando esta conquista, o Sindicato tem feito várias atividades como esta para destacar a importância dos povos originários, os defensores das nossas florestas", explica Ernesto Izumi, diretor do Sindicato.

A feira vai até esta quarta-feira 11, tem entrada gratuita e quem passar por lá poderá conhecer mais sobre a cultura Guarani da aldeia Tenondé Porã e prestigiar as apresentações de dança e música, além de poder comprar produtos típicos como brincos, pulseiras, colares, instrumento musical e réplicas de animais esculpidos à mão. Haverá também oficina de pintura ritualística. O evento ocorre das 10h às 18h.