Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
Luto

Mais dois bancários perdem luta para Covid-19

Sindicato se solidariza devido à morte de dois bancários pelo coronavírus

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 04/01/2021 13:28 / Atualizado em 04/01/2021 14:55

Mais dois bancários foram vítimas da Covid-19, somando-se à tragédia que já matou mais de 196 mil pessoas até esta segunda-feira (4). Wanderley Crivellari, bancário do Itaú e ex-presidente do Sindicato de Londrina (PR), e Cleunice Fátima Castro Rigoti, a Cleia, bancária do Bradesco e dirigente da Federação dos Bancários do Centro-Norte, morreram neste fim de semana. O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região se solidariza com os amigos e parentes.

Wanderley presidiu o Sindicato dos Bancários de Londrina, o terceiro cutista depois de Porto Alegre e São Paulo. Ele também foi coordenador da Comissão de Empregados do Itaú da Contraf-CUT.

Já Cleia, como era conhecida Cleunice, era bancária do HSBC e depois do Bradesco, em Cuiabá e foi uma incansável lutadora em defesa dos direitos dos bancários e dos trabalhadores. Ambos foram vítimas da Covid-19 e não resistiram ao avanço da doença.

A perda de mais dois companheiros bancários e que também eram dirigentes sindicais nos mostra que a pandemia está mais ativa do que nunca e continua fazendo vítimas. É preciso que as pessoas se cuidem, mantenham as regras de distanciamento social, usem máscara e que cobrem dos governos, federal, estadual e municipal, que imponham medidas para amenizar os impactos desta tragédia.

 

 



Voltar para o topo