Santander

Direitos serão preservados em mudanças no Casa 3

Fusão da Isban com a Produban não deve afetar garantias conquistadas pelos bancários; Sindicato acompanhará transformação

  • Danilo Motta, Redação Spbancarios
  • Publicado em 28/02/2018 09:30 / Atualizado em 28/02/2018 13:06

Foto: Mauricio Morais / Arquivo / Seeb-SP

São Paulo – O Sindicato conseguiu o compromisso do Santander de que não haverá mudanças nos direitos dos bancários do Casa 3 após a mudança de estrutura, anunciada na quarta-feira 28. O banco comunicou que a Isban e a Produban serão fundidas a partir do dia 1º de março. A alteração, entretanto, não deverá afetar as conquistas dos trabalhadores.

A Isban e a Produban são empresas de suporte e desenvolvimento tecnológico pertencentes ao conglomerado Santander. Entretanto, eram ligadas tambem à direção na Espanha. A fusão resultará na Santander Brasil Tecnologia.

O dirigente do Sindicato Cássio Murakami reforça que o Santander preservará todas as garantias previstas na CCT e no acordo aditivo, como vale-alimentação, vale-refeição, plano de saúde e outros. Ele lembra que o banco vem efetuando mudanças positivas no local, mas defende que a melhora seja atrelada também às condições de trabalho.

“O banco resolveu investir em conforto, realizando uma reforma e disponibilizando café, área de convivência e mercado aos funcionários. Tudo isso contribui para melhorias na qualidade de vida. Mesmo assim, estamos vigilantes em relação à qualidade do trabalho e manutenção dos empregos, lutando contra demissões, por direitos e, junto à Cipa, detectando problemas’, afirmou o dirigente.

Cassio ressalta que o Sindicato estará vigilante neste caso. Qualquer alteração deve ser informada imediatamente à entidade.

> Faça já sua sindicalização!



Voltar para o topo