Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
Pandemia

Coronavírus: bancários foram primeira categoria a se mobilizar por medidas de proteção

Unidade nacional dos bancários, de bancos públicos e privados, tem sido fundamental para avançar nas medidas de proteção para trabalhadores e clientes; atuação da categoria ganhou destaque na imprensa

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 25/03/2020 19:50 / Atualizado em 30/03/2020 16:51

Arte: Linton Publio

Os bancários - historicamente organizados nacionalmente, com uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) válida para todo o país e todas as empresas do setor - foram os primeiros a se mobilizar para pressionar o setor patronal a adotar medidas de proteção aos trabalhadores e clientes, em decorrência da pandemia de coronavírus (Covid-19). 

Tempo Real: Acompanhe as notícias sobre o Coronavírus nos bancos

Desde 26 de fevereiro, quando o Brasil teve confirmado o primeiro caso, as entidades representativas, reunidas no Comando Nacional dos Bancários, estão em contato e realizando frequentes negociações com a Fenaban (federação dos bancos). A atuação das entidades já resultou, por exemplo, na suspensão das demissões no Santander e Itaú e em medidas para que mais bancários realizem home office, principalmente aqueles incluídos em grupos de risco. 

“Nestes momentos de crise temos que valorizar e muito a nossa unidade nacional. É a nossa união, de bancários de bancos públicos e privados, do norte ao sul do país, que garante a nossa força nas negociações com a Fenaban”, destaca a presidenta do Sindicato, Ivone Silva. 

“Nossa organização e unidade permitiram que a cobrança por medidas que protejam a saúde de bancários e clientes fosse rápida, unificada e contundente. Já avançamos muito desde o início da pandemia de coronavírus, mas é necessário avançar ainda mais. Nossa reivindicação é para que apenas sejam mantidos nas agências apenas atendimentos essenciais como compensação bancária, redes de cartões de crédito e débito, caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais. Para nós, do Sindicato e demais entidades representativas, a gravidade do momento exige que a vida das pessoas esteja m primeiro lugar. Temos atuado com base nisso desde o início desta crise. Mais uma vez, os bancários são referência de organização e mobilização para todas as demais categorias”, acrescenta. 

As negociações da categoria bancária junto à Fenaban tiveram destaque na imprensa. Confira abaixo algumas manchetes.

Folha da S.Paulo

R7

Rede Brasil Atual

Veja

 

 

Agora 

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

> Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? CLIQUE AQUI e deixe seu contato que vamos te ligar 

> Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário 

Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

> Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.



Voltar para o topo