Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Carapicuíba

Contra fechamento de agência do Bradesco, Sindicato aciona a Prefeitura

Linha fina
Unidade que o banco pretende fechar no dia 19 é uma das únicas da Cidade Ariston, bairro mais populoso do município; Sindicato, lideranças da região, comerciantes e autoridades estão mobilizados na luta pela manutenção da agência, quer reúne mais de duas mil assinaturas em abaixo-assinado
Imagem Destaque
Foto: Reprodução/Google Maps

O Sindicato - mobilizado junto com a população, lideranças e comerciantes da região - entregou ofício ao prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves, solicitando a realização de audiência pública sobre o fechamento da única agência do Bradesco na Cidade Ariston, bairro mais populoso de Carapicuíba. 

Bradesco: Sindicato cobra permanência de agência em Carapicuíba
Sindicato protesta contra fechamento de agência em Carapicuíba

“O fechamento desta agência, localizada na Avenida Comendador Dante Carraro, seria desastroso para a população, que teria de se deslocar de transporte público, gastando recursos, para um simples atendimento bancário. Também impactaria negativamente no comércio e desenvolvimento da região, já carente de serviços públicos e que abriga pessoas de renda mais baixa, muitos idosos e em situação de vulnerabilidade”, explica a dirigente do Sindicato e bancária do Bradesco Liliane Fiuza. 

“Enquanto uma entidade cidadã, o Sindicato está engajado na luta pela manutenção da agência e buscando todos os meios possíveis para evitar o fechamento. Neste sentido, entregamos um ofício em mãos ao prefeito de Carapicuíba, reivindicando a realização de uma audiência pública. O prefeito, por sua vez, também já contatou o banco solicitando a manutenção das atividades da agência”, acrescenta Liliane.

Da esquerada para a direita: o dirigente sindical Valdir Fernandes, o Tafarel; o prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves; e os também dirigentes sindicais Luiz Cláudio Marcolino e Liliane Fiuza (Foto: Seeb-SP)

O Sindicato - que já enviou ofício ao Bradesco e realizou protestos contra o fechamento da agência, causa que já conta com o apoio de mais de duas mil pessoas em abaixo-assinado - também obteve retorno da Câmara Municipal de Carapicuíba, que confirmou a realização de audiência pública, com data a definir. 

“Nossa luta não vai parar até que o Bradesco recue do fechamento da agência. Enquanto operador de uma concessão pública, o banco deve colocar em prática a responsabilidade social tão enfatizada na sua publicidade. Quanto mais aumentarmos a pressão neste sentido, contando com a mobilização da comunidade, com o apoio das autoridades municipais, levando o tema para audiências públicas, mais chances teremos de sairmos vitoriosos desta luta. Juntos somos mais fortes”, conclui Liliane. 

 
Arquivos anexos
Anexo Size
Ofício para a prefeitura de Carapicuíba (677.85 KB) 677.85 KB