Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Mobilização na pandemia

Participe da plenária estadual dos bancários nesta segunda, às 19h

Linha fina
Plenária virtual organizará luta da categoria por vacina e outras reivindicações e debaterá participação na mobilização nacional “Lockdown dos trabalhadores pela vida”, na quarta 24, chamada pelas centrais sindicais e movimentos sociais. Veja como será a plenária
Imagem Destaque
Montagem: Linton Publio/Seeb-SP

Logo mais, às 19h, bancários e financiários de todo o estado de São Paulo realizarão uma plenária virtual organizativa para debater reivindicações importantes da categoria, como vacina já, suspensão das demissões e redução das metas durante a pandemia; e também discutirá como será a participação da categoria na mobilização nacional de quarta-feira 24, chamada pela CUT e demais centrais sindicais e pelos movimentos sociais: “Lockdown dos trabalhadores pela vida”. A plenária será transmitida pelo Facebook e Youtube do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Veja abaixo as etapas da plenária:

Análise de conjuntura

A plenária iniciará às 19h com análise de conjuntura da presidenta do Sindicato, Ivone Silva, da presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, e da presidenta da Fetec-CUT/SP, Aline Molina.

Propostas de mobilização

Os bancários e financiários poderão enviar sugestões de atividades e formas de organização da luta por meio deste questionário virtual: https://pt.surveymonkey.com/r/XB33V3P

Os trabalhadores deverão opinar sobre como pressionar os bancos por reivindicações importantes para a categoria, como suspensão das demissões e redução das metas durante a pandemia, bem como o respeito aos feriados antecipados pela Prefeitura de São Paulo (serão antecipados feriados para os dias 26, 29, 30 e 31 de março e 1º de abril).

Contra metas abusivas

Uma das propostas é o relançamento da Campanha Menos Metas Mais Saúde, como forma de pressionar os bancos a reduzirem a metas na pandemia.

Vacina já

Os trabalhadores poderão opinar ainda sobre como pressionar governos federal, estadual e municipal por vacina já e para todos.

Será lançado oficialmente um abaixo-assinado cobrando do governo estadual a inclusão dos bancários no plano estadual de imunização contra a covid-19. O documento já pode ser assinado aqui: http://bit.ly/vacinação-bancários-covid-19.

No abaixo-assinado, o Sindicato argumenta que se o serviço bancário é considerado essencial na pandemia, então a categoria bancária, que está na linha de frente atendendo a população, deve ser incluída como prioridade no plano de vacinação.

Vacina: Sindicato cobra governo paulista por prioridade para bancários

Pressionar parlamentares

Outra proposta é pressionar deputados e senadores pela inclusão da categoria no Planos Nacional de Imunicação contra a covid-19.

Mobilização do dia 24

Ainda serão convocados a enviar propostas de mobilização para o dia nacional de luta na quarta-feira 24, que será feita de forma virtual:

  • participando do tuitaço, com a #LockdownPelaVida;
  • mudando a foto de seu perfil no Facebook por arte exigindo Vacina já e para todos. Salve a arte abaixo:

  • participando de live das centrais sindicais às 17h30;
  • ficando em casa nesta quarta-feira, dia em que as centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo destacarão a importância do isolamento sociais para reduzir as contaminações e mortes na pandemia.

Homenagem às vítimas

Será apresentado, durante a plenária, vídeo em homenagem aos bancários que morreram em decorrência da covid-19.

Solidariedade

Também será reforçada a Campanha Bancá[email protected] Solidá[email protected], de arrecadação de alimentos e doações em dinheiro para as milhares de famílias que estão passando fome durante a pandemia.

Sua participação é fundamental

“O objetivo da plenária é organizar a categoria neste momento tão difícil pelo qual estamos passando. O Brasil está batendo recordes de mortes, com falta de leitos de UTI e até de medicamentos para intubar os pacientes. É urgente que os trabalhadores se mobilizem por vacinas e medidas de isolamento. Portanto, sua participação é fundamental: responda aos questionários, assine o abaixo-assinado por vacina para a categoria, convide seus colegas a fazerem o mesmo”, convoca a secretária-geral do Sindicato, Neiva Ribeiro.

“Juntos somos mais fortes, e podemos mudar essa situação tão difícil se nos unirmos e pressionarmos na mesma direção. O governo precisa adotar as medidas necessárias para preservar a vida da população, assim com os bancos. Nossas vidas valem mais que o lucro e precisamos deixar muito evidente isso”, acrescenta Neiva.