Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Todos por direitos

Campanha Nacional 2018 é lançada na Paulista

Linha fina
Mais uma vez, ato lúdico simbolizou, através de uma partida de futebol, a luta dos trabalhadores contra a ganância; dirigentes reforçam a importância de se informar sobre os direitos que estão em jogo
Imagem Destaque
Foto: Seeb-SP

Bola rolando! Nesta quinta-feira, o Ganância Futebol Clube enfrentou a garra dos bancários no time Todos por Direitos! O palco foi a Avenida Paulista, que recebeu mais uma atividade de lançamento da Campanha Nacional 2018.

O Sindicato percorreu agências da região distribuindo exemplares da Folha Bancária e dialogando com os trabalhadores. Depois, foi realizado mais um ato lúdico em frente à Caixa Econômica Federal: a já tradicional partida de futebol entre times representando empregados e patrões.

“A gente tá aproveitando a alegoria do futebol, em tempos de Copa do Mundo, para chamar atenção para o que está em jogo usando uma linguagem que todo mundo entende. É uma luta que está sendo travada, uma luta de classes. Não é só a questão do nosso acordo coletivo, é uma questão também de soberania nacional, já que a gente defende o Banco do Brasil, a Caixa e o BNDES”, explicou a secretária-geral do Sindicato, Neiva Ribeiro.

Negociação

Paralelamente à atividade, ocorreu também a primeira rodada de negociação da Campanha Nacional 2018. Representantes dos bancários se reuniram com representantes dos banqueiros para discutir os pontos da minuta, que foi entregue dia 13.

“É um momento muito importante para nós, uma expectativa muito grande que consigamos de garantir a ultratividade do nosso acordo, um dos direitos que a reforma trabalhista eliminou. Sem ele, uma série de conquistas históricas deixariam de existir no dia 31 de agosto. Então o primeiro desafio que nós temos é que a ultratividade do nosso acordo coletivo valha até que cheguemos a um termo da nossa campanha, que contempla aumento real, mais empregos, discutir os impactos da tecnologia e outras pautas”, explicou Neiva.

Fique por dentro

Os dirigentes do Sindicato levaram, para a Paulista, faixas e cartazes sobre os direitos que estão em risco. Além de distribuir a Folha Bancária, conversaram com os trabalhadores que estavam passando pelo local sobre a importância desta mobilização.

"Convidamos os trabalhadores bancários que tenham necessidade de esclarecimento sobre a campanha nacional que procurem as regionais do Sindicato, que procurem os dirigentes sindicais para esta campanha que está se iniciando, para fazermos uma campanha forte. Não vamos deixar os banqueiros mexerem com nenhum direito de 26 anos de convenção coletiva nacional", reforçou o dirigente sindical Sérgio Francisco.

Ao final da atividade, foi realizado um abraço simbólico ao prédio da Caixa, representando a defesa dos bancos públicos