Saúde e Sustentabilidade

Precisamos falar sobre Cassi

João Fukunaga da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil crítica suspensão de negociações e proposta arbitrária do banco

  • Publicado em 14/06/2018 16:20 / Atualizado em 14/06/2018 17:37

O dirigente do Sindicato João Fukunaga e membro da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil crítica o que considera terrorismo por parte do Banco do Brasil em relação à sustentabilidade da Cassi, bem como proposta apresentada unilateralmente pelo banco, no começo do mês. Neste vídeo, ele manda um recado aos associados e defende que a solução seja negociada.

“Precisa ser estruturada uma nova solução de custeio de sustentabilidade, mas não vai ser na retirada e perda de direitos que vamos avançar nessa discussão. Temos que ter calma, o banco está acelerando, fazendo terrorismo”, ressaltou Fukunaga ao cobrar responsabilidade por parte da diretoria do banco.

Assista, compartilhe e mande suas dúvidas. Inscreva-se no nosso canal no YouTube

Cassi: eleita renuncia para fazer carreira 

> Bancários do BB analisam conjuntura e impactos da nova legislação

> Entidades cobram do BB retorno da mesa de negociação da Cassi 

Cassi: BB rompe mesa de negociação



Voltar para o topo