Saúde

Candidatos apoiados pelo Sindicato se elegem no CRST

Representantes ocuparão o conselho gestor até 2021; posse será em agosto

  • Danilo Motta, Redação Spbancarios
  • Publicado em 15/07/2019 17:38 / Atualizado em 16/07/2019 14:05

Charge: Márcio Baraldi

Candidatos apoiados pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região foram eleitos para o conselho gestor do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CRST) para o biênio 2019/2021. A eleição ocorreu no dia 26 de junho. 

“Os CRSTs é onde acontece o acolhimento do trabalhador nos casos de adoecimento ou acidente. É uma conquista dos trabalhadores, por exemplo, no caso de uma emissão de CAT [Comunicação de Acidente de Trabalho]. Sabemos que empresas, como os bancos, não emitem a comunicação de acidente de trabalho que, por sua vez, é necessária para que os trabalhadores tenham garantias para sua saúde física e mental”, afirmou Carlos Damarindo, secretário de Saúde e Condições de Trabalho do Sindicato. “A parceria que temos com o CRST é muito importante. Dali podemos ter maior precisão de como andam as condições de trabalho da categoria para que possamos posteriormente provocar os órgãos responsáveis”, completou.

A cerimônia de posse ocorrerá no dia 9 de agosto, às 13h, na Rua General Jardim, 36, térreo, República.

Confira os eleitos:

CRST LESTE: André Bezerra e Edegar Faria

CRST MOOCA: Mauricio Danno e Fabio Pereira

CRST SÉ CENTRO: Anatiana Alves e Maria Cleide Queiroz

CRST SANTO AMARO: Antônio Netto e Silmara da Silva

CRST LAPA: Welington PradoFranscisco “Chico” Pugliesi

CRST NORTE: Sérgio Augusto Sobrinho

Os CRSTs são vinculados à Secretaria Municipal de Saúde. São unidades dotadas de estrutura voltada para o auxílio gratuito ao cidadão, com ou sem carteira de trabalho, a notificar e diagnosticar doenças e acidentes decorrentes da atividade profissional. Inclusive faz emissão da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), documento essencial para que o INSS reconheça uma doença ou acidente de trabalho.

Para ter acesso aos serviços do CRST o trabalhador tem de se dirigir à unidade mais próxima de sua residência ou do serviço, apresentar comprovante de endereço, o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e guia de encaminhamento que pode ser emitida pelo sindicato ao qual é vinculado, pela empresa ou por um médico. Antes da consulta, a pessoa passa por triagem cujo horário e dias são distintos em cada uma das unidades.

 



Voltar para o topo