Pular para o conteúdo principal
Chapéu
#SantanderRespeiteOBrasil

Santander cancela reunião que seria nesta sexta

Linha fina
Sindicato continuará denunciando o desrespeito do banco aos compromissos assumidos em mesa de negociação e aos trabalhadores
Imagem Destaque

O Santander entrou em contato com a representação dos trabalhadores, na manhã desta sexta-feira 3, e cancelou a reunião que havia sido agendada para esta tarde, às 14h30. O objetivo da reunião era dar continuidade às conversações da tarde de quarta-feira 1º, e para que o banco apresentasse detalhes sobre o programa Motor de Vendas e sobre a mudança de função do GA e do GR; e ainda para que apresentasse uma proposta de banco de horas negativo, que já vem sendo cobrada há muitas semanas pelo movimento sindical.

Na reunião de quarta-feira, o banco não aceitou qualquer tipo de negociação para cessar as demissões e a política abusiva de cobrança de metas e, pior do que isso, tratou as demissões neste momento de pandeia como ajustes naturais para que o banco se torne competitivo.

“Esperamos que o Santander nos apresente uma nova data de reunião o mais rápido possível. Enquanto isso, continuaremos denunciando o desrespeito do banco espanhol aos compromissos assumidos com os trabalhadores brasileiros”, afirma o secretário de Assuntos Jurídicos e representante da Contraf-CUT nas negociações com o banco, Mario Raia.